23 de Maio de 2018
21º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
natação 10 de Maio de 2018
'Setúbal Bay' bate recorde de inscritos

A elite da natação das águas abertas, incluindo os atuais campeões olímpicos, está de regresso ao rio Sado, a 9 de junho, para a “Setúbal Bay 2018”, marcada pelo número recorde de atletas inscritos e um novo evento popular.

A confirmação de mais de uma centena de nadadores inscritos na prova setubalense e integrada nos 15.os Jogos do Sado, foi anunciada no dia 10 em conferência de imprensa de apresentação da etapa sadina da FINA/HOSA Marathon Swim World Series 2018, realizada a bordo da embarcação “Maravilha do Sado”.

“Esta é a prova, de todas as edições da Taça do Mundo de águas abertas já realizadas em Setúbal, com o maior número de inscritos”, sublinha António José Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação, entidade que organiza a prova em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal e a Federação Internacional de Natação.

Entre a elite mundial presente em Setúbal, com representantes de 21 nações dos cinco continentes, destaque para os holandeses Ferry Weertman e Sharon van Rouwedaal, campeões olímpicos nos jogos do Rio de Janeiro 2016 e vencedores da primeira etapa de 2018 da Taça do Mundo de natação em águas abertas, realizada em Doha, no Catar.

A estes juntam-se, entre outros, na prova que decorre a partir do Parque Urbano de Albarquel, os italianos Simone Ruffini, campeão do circuito mundial em 2017, e Rachelle Bruni, vice-campeã olímpica em título, e o húngaro Kristof Razovszky, vencedor da “Setúbal Bay 2017” e detentor do recorde da etapa sadina.

O leque de nadadores desta disciplina da natação que aceita o desafio das águas do Sado inclui ainda uma comitiva portuguesa, a qual conta com os já confirmados campeões nacionais Rafael Gil e Angélica André, a que se juntam Tiago Campos e José Carvalho e outros atletas a indicar pela equipa técnica nacional.

A etapa de Setúbal da FINA/HOSA Marathon Swim World Series 2018, a terceira deste circuito mundial, tem início às 16h00, e decorre ao longo de cerca de duas horas, tempo que os nadadores demoram em média, dependendo das correntes, a completar um percurso de quatro voltas com um total de dez quilómetros.

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, salienta que a “Setúbal Bay”, presente na cidade sadina desde 2006, “é a maior competição de águas abertas realizada em Portugal”, motivo que leva o município a apostar na permanência do evento, já garantido por mais três anos.

A etapa de Setúbal da Taça do Mundo de Águas Abertas “continuará a realizar-se pelo menos até 2021, resultado de um contrato para a realização desta prova nos próximos três anos”, revela a autarca. No próximo ano será a 8 de junho, em 2020 a 13 de junho e em 2021 a 12 de junho.

“A realização desta prova evidencia a aposta municipal no desenvolvimento do desporto no concelho, em particular nas atividades no rio e na serra”, vinca Maria das Dores Meira, para recordar que, a par das etapas da Taça do Mundo, Setúbal recebeu duas provas de qualificação das águas abertas para os Jogos Olímpicos.

Nesta matéria, o presidente da Federação Portuguesa de Natação, António José Silva, revela que estão a ser encetados esforços para “trazer a Setúbal, em 2020, a prova de qualificação de natação em águas abertas para os Jogos Olímpicos de Tóquio”. Para já, há um candidato, a cidade norte-americana de Miami.

Sobre a continuidade de Setúbal no circuito mundial, aquele responsável enaltece a qualidade da organização e as condições excecionais da cidade para a realização do evento desportivo. “Quando as coisas correm bem não faz sentido mudar, apesar de este ser um evento muito cobiçado.”

Novidade este ano, aponta António José Silva, é o facto de a etapa setubalense da FINA/HOSA Marathon Swim World Series 2018 servir de “momento de avaliação da equipa nacional” para o Campeonato da Europa de Juniores, em Malta, de 13 a 15 de julho, e para o Europeu Absoluto, em Glasgow, Escócia, de 8 a 12 de agosto.

A “Setúbal Bay”, presente na cidade desde 2006, reflete também, afirma o vereador do Desporto na Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, a “visão que o município tem para o desenvolvimento desportivo, desde logo ao potenciar um dos dois melhores equipamentos disponíveis, o rio Sado, a que se junta a Serra da Arrábida”.

O autarca frisa que “o desporto tem uma filosofia estruturante na cidade” e, por isso, a estratégia municipal passa por abranger uma dupla valência que alia atividades desportivas de caráter mais popular e dinamizados no espírito de desporto para todos a eventos de alta competição.

O circuito mundial da FINA/HOSA Marathon Swim World Series 2018, com um total de oito etapas e que reúnes atletas dos cinco continentes, foi iniciado a 17 de março, em Doha, no Catar, a que se seguem provas nas Seicheles, a 20 de maio, e em Setúbal, Portugal, a 9 de junho.

Depois da prova setubalense, a maratona aquática passa por Balatonfüred, na Hungria, a 16 de junho, e segue para o Canadá, com provas no Lac St.Jean, a 26 de julho, e no Lac Megantic, a 11 de agosto. Prossegue em Chun’An, na China, a 16 de setembro, e culmina em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, a 24 de novembro.

Open Challenge

A par da prova principal, dia 9 de junho, na parte da manhã, é marcado por um novo evento de caráter popular, o Open Challenge FINA/HOSA Marathon Swim World Series 2018, para várias idades e destinado à promoção da modalidade de natação em águas abertas.

“Esta é uma prova que pretende aumentar a participação desportiva e popular nas provas de águas abertas em todo o mundo”, explica a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, sobre o evento que se realiza igualmente a partir do Parque Urbano de Albarquel, já com 150 inscritos.

O Open Challenge é composto por três competições abertas ao público, uma com 200 metros, com início às 09h30, outra com 600 metros, às 10h00, ambas para atletas até aos 10 anos, e uma outra com 1660 metros, correspondente a uma milha náutica, às 11h00, para nadadores com mais de 14 anos.

O objetivo deste novo evento, que substitui o anterior Mass Event apenas para federados, é “ter e trazer mais pessoas a Setúbal para nadar”, adianta Luís Liberato, presidente do comité organizador da “Setúbal Bay” e membro de um comité técnico da Federação Internacional de Natação.

Aquele responsável adianta que o Open Challenge “é uma nova aposta” da Federação Internacional de Natação, o “início de um ciclo de quatro anos” de promoção da natação e da disciplina de águas abertas que aspira, no futuro, a ter uma participação regular, por evento, na ordem das “1500 pessoas”.

Mais informações sobre o Open Challenge FINA/HOSA Marathon Swim World Series 2018, com inscrições gratuitas a decorrer até 2 de junho, podem ser obtidas em página dedicada no sítio da Federação Portuguesa de Natação, acessível em http://www.fpnatacao.pt/noticia.php?codigo=701.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign