23 de Outubro de 2017
20º
max. 26º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
saneamento 16 de Fevereiro de 2017
Acordo resolve efluentes de Azeitão

Um contrato tripartido celebrado no dia 16 entre a Câmara Municipal de Setúbal, a Águas de Lisboa e Vale do Tejo e a Águas do Sado viabiliza o tratamento das águas residuais de Azeitão na ETAR de Quinta do Conde.

Na assinatura do contrato que permite o encaminhamento devido de efluentes que até agora eram descarregados sem tratamento na ribeira de Coina, situação que a autarquia tenta resolver desde meados de 2013, o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, sublinhou importância do momento. “É com enorme satisfação que testemunho este ato tão relevante quer para Azeitão e Setúbal, quer para as políticas ambientais do país.”

O governante frisou que o acordo entre as três entidades “é um caso de sucesso”, na medida em que, além de viabilizar o tratamento devido dos efluentes de Azeitão, “permite otimizar infraestruturas e, assim, criar novas tarifas mais adequadas às populações”.

O acordo alcançado entre a Câmara Municipal de Setúbal, a Águas de Lisboa e Vale do Tejo e a Águas do Sado, atual concessionária do sistema de abastecimento de água e saneamento no concelho, destina-se ao estabelecimento de uma ligação dos efluentes da bacia de Azeitão ao Sistema Multimunicipal de Lisboa e Vale do Tejo.

Esta medida permite que as águas residuais da zona sejam redirecionadas para estação própria de tratamento, nomeadamente a ETAR de Quinta do Conde, que, lembrou a presidente da autarquia, Maria das Dores Meira, “está a funcionar e em condições de receber os efluentes de Azeitão desde maio de 2013”.

Desde então, o município “tudo fez para garantir a ligação das águas residuais de Azeitão a esta estação de tratamento”, algo que, recordo a autarca, “o anterior governo PSD/CDS, apesar das promessas que foi mantendo, nunca autorizou”.

No entanto, a Câmara Municipal de Setúbal nunca desistiu e continuou a solicitar ao Governo que permitisse esta conexão. “Só em 2016, já com o atual Governo e muito graças à sensibilidade e empenhamento do engenheiro José Sardinha, presidente do Conselho de Administração da Águas de Lisboa e Vale do Tejo, foi possível desenvolver todos os procedimentos para contratualizar este entendimento.”

Para Maria das Dores Meira, hoje é, assim, “um dia muito importante” para Azeitão e para todo o concelho de Setúbal, pois constitui o culminar de um processo em que foi possível resolver, em conjunto, um importante problema que afetava a freguesia de Azeitão. “Importante para o ambiente, mas também para a qualidade de vida e o bem-estar de todos os azeitonenses.”

Assim, os habitantes de Azeitão “passam a ter os mesmos direitos da restante população do concelho de Setúbal” na prestação deste serviço.

O presidente do Conselho de Administração da Águas de Lisboa e Vale do Tejo lembrou que as águas residuais provenientes de Azeitão têm sido encaminhadas, sem o devido tratamento, para a ribeira de Coina, pelo que o acordo alcançado “é histórico” para a Península de Setúbal.

“Ficamos mais perto de conseguir o objetivo de despoluição de um ecossistema muito sensível, através de um tratamento terciário, de nível avançado, digno do século XXI. Isto é muito importante em termos ambientais e para a melhoria da qualidade de vida das populações.”

José Sardinha sublinhou ainda a importância do trabalho conjunto das entidades envolvidas e também o empenhamento do atual secretário de Estado do Ambiente para chegar a uma solução que, “há muito, as populações desejavam” e que “permite deixar um legado melhor às gerações vindouras”.

Também o presidente do Conselho de Administração da Águas do Sado, António Cunha, confessa que esta situação causava “alguma ansiedade” à empresa que preside, pois impedia o cumprimento da missão de que todos os efluentes do concelho de Setúbal sejam devidamente tratados.

“Hoje conseguimos ultrapassar todos os obstáculos. Este é um marco importantíssimo. Estamos todos de parabéns.”

Com o contrato celebrado, já pode avançar a operação de ligação do emissário de Azeitão à ETAR de Quinta do Conde, algo que a autarquia pretende que seja feito na maior brevidade possível.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign