17 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
gala 29 de Agosto de 2016
Andebol de gala entrega prémios

Atletas, treinadores, dirigentes e árbitros foram distinguidos, na noite do dia 27, na VI Gala do Andebol, evento do calendário de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 realizado no Fórum Municipal Luísa Todi com apontamentos culturais.

“O andebol tinha de ter um lugar em Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 e esta é uma cidade de portas abertas para o desporto, sobretudo para o andebol”, afirmou na cerimónia o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina.

A VI Gala do Andebol, organizada numa parceria entre a Federação de Andebol de Portugal e a autarquia, atribuiu prémios a título individual nas categorias de melhor treinador, jogador de campo, guarda-redes e atleta revelação.

O presidente da Federação de Andebol de Portugal, Luís Miguel Laranjeiro, agradeceu à autarquia sadina “todo o apoio prestado à Federação de Andebol e ao desporto”, e destacou a importante época desportiva vivida pela modalidade.

O evento, que contou com vários apontamentos culturais, distinguiu a melhor dupla de arbitragem e homenageou a individualidade que mais contribuiu para o desenvolvimento do andebol em Portugal.

Pedro Seabra Marques, do ABC de Braga/UMinho, e Ana Andrade, do Madeira SAD, foram distinguidos com o prémio de “Melhor Jogador” referente à época desportiva 2015-2016.

O troféu de “Melhor Treinador” foi entregue, nas provas masculinas, a Carlos Resende, técnico do ABC de Braga/UMinho, enquanto nas competições femininas o prémio foi arrebatado por Sandra Fernandes, do Madeira SAD.

No evento foi ainda atribuído o prémio de “Melhor Guarda- Redes”, distinção que nesta edição foi conquistada por Alfredo Quintana, do FC Porto, e por Jéssica Ferreira, do Colégio de Gaia/Toyota.

André Gomes, do ABC de Braga/UMinho, e Diana Oliveira, do Maiastars, venceram o troféu de “Jogador Revelação”, enquanto Eurico Nicolau e Ivan Caçador, da Associação de Árbitros de Leiria, foram considerados a “Melhor Dupla de Árbitros”.

A VI Gala do Andebol incluiu ainda o prémio “Homenagem”, entregue a Maria Assunção Fernandes Lopes Tavares, antiga treinadora de clubes como o extinto Pedreira dos Húngaros, que dedicou uma vida ao andebol.

A VI Gala do Andebol contou também com um momento de poesia pelo ator José Nobre, que personificou Bocage, assim como apontamentos musicais pelos “Alcorrazes” e por Deolinda de Jesus.

ferramentas
notícias relacionadas
mais recentes
+ lidas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign