13 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 6º
notícias
iniciativas em destaque
lazer 01 de Julho de 2013
Animação total na SetFesta

A SetFesta assentou arraiais no Largo José Afonso para oferecer a setubalenses e turistas momentos de animação, com a música a temperar petiscos próprios da gastronomia local.

A partir do fim da tarde, depois de um dia de trabalho, para uns, de praia, para outros, esta que é uma das festas organizadas pelas freguesias, neste caso da Anunciada e de Santa Maria da Graça, com apoio da Câmara Municipal e da associação ACOES, assume-me, até dia 7, como uma grande sala de jantar ao ar livre e ponto de encontro de famílias e amigos.

As coletividades, principal energia motora deste género de certames, esmeram-se para seduzir a clientela com pratinhos de fazer crescer a água na boca. Do rio, vêm o chocho, as ovas, o camarão, a santola e as lambujinhas, iguarias servidas à moda de Setúbal. As bifanas, os hambúrgueres, os cachorros e os caracóis também não faltam. Assim como as moelas, os couratos, as moelas e as entremeadas.

“Este ano decidimos inovar. Para nos diferenciarmos, temos também alguns pratos”, assinala Bruno Frazão, da tasquinha da associação cultural ACTAS, rodeado de papéis que anunciam pratos mais elaborados, como açorda de marisco, bitoques e feijoada de ovas. “Tínhamos só bifanas e coisas do género.”

As nove coletividades presentes no certame, cada uma com o seu espaço gastronómico, lutam por conseguir o melhor, ou seja, cativar os visitantes com os pratinhos que preparam, acompanhados de cerveja, sangria, água ou refrigerantes, fundamentais nestes fins de tarde e noites quentes.

“Esta é uma forma de angariarmos as verbas que nos servem para os gastos de funcionamento ao longo do ano”, salienta Bruno Frazão, atribuindo à SetFesta, na oitava edição, um papel relevante para a subsistência do movimento associativo.

Os visitantes dispõem ainda de rulotes de farturas, stands institucionais e diversos divertimentos. Há ainda as bancas de artesanato, onde está exposto aquilo que o engenho consegue dar forma.

Liliana Tavares, com os seus coelhinhos, peixes e bonecas de pano, é uma estreante na SetFesta e mesmo no comércio. “Fazia isto para oferecer aos amigos, nunca vendi, e uma pessoa disse-me para os vender aqui. Vai ser engraçado ver a recetividade das pessoas. Se correr bem, talvez continue a vender.”

A setubalense sempre gostou de “fazer coisas de artesanato, como bordados, rendas e macramê”. O trabalho de costureira acabou e foi preciso continuar. “Temos de fazer alguma coisa, não é?”

As propostas são muitas no Largo José Afonso por estes dias, mas, mal o certame abriu portas, dia 28 ao final de tarde, já Manuel Biguino e a mulher tinham feito a opção pelas tasquinhas, porque a fome apertava. “Vimos cá todos os anos. Isto é de facto muito bom, com a oferta toda que tem. Ainda por cima há os espetáculos musicais que podemos ver sem nada pagar.”

Poucas horas depois da abertura, marcada pelo hastear das bandeiras do Município, das duas freguesias e das agremiações, a que se seguiu um périplo pelo certame, numa comitiva com a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, o presidente da Junta de Santa Maria, Fernando Paulino, e um representante da Anunciada, já era difícil arranjar lugar nas tasquinhas.

Além da ACTAS, marcam presença o Clube Recreativo Palhavã, o Núcleo de Fuzileiros da Região de Setúbal, o Clube Desportivo e Recreativo Águias de S. Gabriel, o Scalipus Clube de Setúbal, os agrupamentos 415 e 484 do Corpo Nacional de Escutas e os grupos Desportivo, Cultural e Recreativo Ídolos do Chinquilho e Desportivo e Recreativo “O Sindicato”.

Enquanto se saciava o apetite, os Central Rock, banda de covers com especial apetência para tocar êxitos dos Xutos e Pontapés, mas também algumas canções populares portuguesas, subiram ao palco, instalado no topo do recinto do Largo José Afonso, possibilitando uma visão privilegiada de todos os pontos.

No dia 30 à noite, houve o desfile Moda Sado, no Auditório José Afonso, e um baile com João Carlos, enquanto no domingo se realizou um concerto com a Orquestra Bohémia, da Sociedade Filarmónica Providência.

Esta semana marcam presença Jorge Nice, dia 1, Luís Rosa, a 2, Os Alcorrazes, a 3, Toy, a 4, e Clemente e André Patrão, 5. No dia 6, realiza-se, às 21h30, o 37.º Festival Internacional de Folclore, organizado pelo Rancho Folclórico de Praias do Sado, e, à meia-noite, um concerto com Cover Dose. No último dia, a 7, há o espetáculo “Rock Alentejano”, com Castro e Salgueiro.

O recinto da SetFesta 2013 funciona das 19h00 às 24h00, com o horário a ser prolongado até à 01h00 na sexta-feira e sábado.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign