16 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
turismo 22 de Julho de 2016
Áreas Protegidas mostram excelência

O Mercado das Áreas Protegidas, uma mostra de produtos e serviços da marca Natural.PT, realiza-se nos dias 26 e 27, das 17h30 às 22h00, em frente da Casa da Baía, na Avenida Luísa Todi, com outras iniciativas associadas.

O certame, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal e pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) para assinalar o segundo ano da Natural.pt, disponibiliza artigos e serviços de artesãos e produtores locais e de representantes de diferentes áreas protegidas do país.

A iniciativa está associada à Rede Nacional de Áreas Protegidas (RNAP) e visa a valorização sustentada dos seus recursos, produtos e serviços, bem como a afirmação desses territórios enquanto destinos turísticos de excelência.

A Natural.PT é uma marca que procura valorizar e promover, de forma integrada, produtos e serviços de excelência associados às áreas protegidas de Portugal continental, numa aposta na biodiversidade, na economia, no património e na identidade portuguesa.

A marca está presente desde o início de 2015 na Casa da Baía e no Moinho de Maré da Mourisca, dois espaços turísticos com gestão da Câmara Municipal de Setúbal, nos quais são comercializados e promovidos produtos regionais referenciados no Parque Natural da Arrábida e na Reserva Natural do Estuário do Sado.

A inauguração do Mercado das Áreas Protegidas, dia 26, às 17h30, conta com as presenças da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, da vice-presidente do Turismo de Portugal, Teresa Monteiro, da secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos, e do presidente do ICNF, Rogério Rodrigues.

O certame inclui um conjunto de iniciativas, no interior da Casa da Baía, onde decorre uma sessão abertura, às 18h00, em que participam aquelas individualidades, a que se segue uma intervenção de João Carlos Farinha, coordenador da Natural.PT, e a apresentação dos projetos a concurso nos prémios da marca.

O programa contempla ainda a assinatura de contratos de adesão à Natural.PT, às 19h00, a que se segue uma prova de produtos provenientes de áreas protegidas.

O primeiro dia do Mercado das Áreas Protegidas termina com um espetáculo musical, entre as 22h00 e as 24h00.

No dia 27, além da mostra, funciona um Espaço Aderentes Natural.PT, no auditório da Casa da Baía, entre as 17h30 e as 18h00, de reflexão sobre produção florestal e agropecuária em áreas protegidas.

No encontro, Francisco Borba, da Herdade da Gâmbia – Turismo & Cultura, analisa a forma como a produção florestal e agropecuária, com uma gestão sustentada em relação aos recursos naturais, pode contribuir para a preservação do ambiente e a melhoria do espaço natural.

No seguimento, Aline Simão, proprietária da Ideias & Requintes, aborda os desafios que as empresas enfrentam no mercado atual e qual a real representação das marcas para os clientes.

Entre as 18h00 e as 19h00, também no auditório da Casa da Baía, é dado destaque ao tema da migração de aves e à situação das aves aquáticas em Portugal. As explicações estão a cargo de Vítor Encarnação, do ICNF.

Neste encontro, são apresentadas espécies de aves migradoras nas áreas húmidas, em especial nos estuários, como é o caso do Sado, através dos resultados dos programas de monitorização em curso, quer no que respeita às aves invernantes quer às nidificantes.

A sessão encerra com a apresentação do filme “Bird Migration – Why is it changing?”, sobre as alterações que acontecem na área da migração de aves, no âmbito de projeto internacional de investigação em ecologia, realizado por várias entidades do Reino Unido, Espanha e Portugal. 

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign