23 de Outubro de 2017
21º
max. 26º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
reunião 20 de Setembro de 2012
Arte escultórica decora 'Luísa Todi'

A Câmara Municipal de Setúbal ratificou no dia 19, em reunião pública, o aditamento de um protocolo de colaboração que mantém com uma fundação, ato que formaliza a doação à cidade de um conjunto escultórico instalado no Fórum Luísa Todi.

O aditamento ao protocolo com a Fundação Buehler-Brockhaus, assinado a 31 de agosto de 2012, surge na sequência de um pedido de comparticipação do Município para a conceção de uma intervenção escultórica evocativa da memória da cantora lírica setubalense Luísa Todi.

A obra, da autoria do artista plástico Sérgio Vicente, com um custo total de 35.300 euros, é composta por dois elementos, um deles uma escultura colocada no exterior do Fórum Municipal Luísa Todi, obra bidimensional com três metros de altura e 2,20 de largura, construída em aço inoxidável.

A escultura, instalada junto da entrada principal do edifício, é inspirada numa gravura distribuída ao público presente num espetáculo da diva setubalense realizado a 10 de fevereiro de 1791 no Teatro di San Samuele, em Veneza, Itália.

A segunda peça da intervenção escultórica está no foyer do Fórum, com elementos em ferro a formar um fluxo narrativo com informação sobre os 51 locais onde a cantora lírica atuou entre 1777 e 1799.

O protocolo celebrado entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Fundação Buehler-Brockhaus, vigente deste 16 de março de 2011, já permitiu beneficiar a cidade com outras obras de arte, como as esculturas evocativas de várias profissões instaladas no Mercado do Livramento.

A fundação apoiou também, financeiramente, a requalificação urbanística na zona ribeirinha da cidade, na Rua da Saúde, numa área defronte da Doca dos Pescadores.

Pesar por Ermelinda Freitas

Na mesma reunião foi apresentado um voto de pesar por Ermelinda Freitas, falecida a 17 de setembro, grande impulsionadora de uma das principais empresas vitivinícolas da região.

O êxito na promoção dos vinhos da península de Setúbal é salientado no texto, que enaltece o dinamismo de Ermelinda Freitas. “Com a filha Leonor, soube transformar uma empresa desconhecida numa empresa de exceção com uma notoriedade que vai muito para lá das fronteiras nacionais.”

A Casa Ermelinda Freitas, sublinha o voto de pesar, é “produtora de alguns dos mais notáveis vinhos da península de Setúbal”, qualidade atestada pelos prémios conquistados ao longo dos anos, e leva “o nome de Setúbal mais longe”.

O desaparecimento de Ermelinda Freitas, considera a Autarquia, constitui “uma perda irreparável para o universo nacional dos produtores de vinho”.

A Câmara Municipal de Setúbal endereça sentidos pêsames à família enlutada, em especial a Leonor Freitas.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign