23 de Outubro de 2017
20º
max. 26º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
natação 30 de Junho de 2014
Austrália e Brasil vencem no Sado

O australiano Jarrod Poort e a brasileira Ana Marcela Cunha foram os vencedores da etapa de Setúbal da FINA 10 Km Marathon Swimming World Cup 2014, prova de natação em águas abertas realizada no dia 28, no rio Sado, em frente ao Parque Urbano de Albarquel.

Jarrod Poort, a participar pela primeira vez na competição sadina, bateu os rivais ao sprint, esforço que lhe valeu um triunfo internacional inédito. Nas águas do Sado, fez o tempo 1h52m06s. “Foi difícil, com condições muito traiçoeiras. Queria ficar nos cinco primeiros e acabei por ganhar”, sublinhou o atleta da Austrália.

A prova masculina foi dominada pelo grego Spyridon Gianniotis, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, que chegou a ter mais de cem metros de vantagem sobre o pelotão. Contudo, o ritmo forte imposto pelo helénico esgotou-se à entrada da última volta, altura em que desistiu.

O o brasileiro Allan do Carmo, em segundo, com 1h52m07s, e o alemão Thomas Lurz, em terceiro, com 1h52m08s, ambos repetentes numa participação na “Setúbal Bay”, alcançaram posições de destaque no regresso da competição internacional ao Sado, prova que se mantém neste rio até 2017.

Nas mulheres, Ana Marcela Cunha foi a mais forte ao terminar a prova em 2h03m52s. “Foi muito bom voltar a Portugal e vencer”, confessou a brasileira, ao recordar o triunfo alcançado em Setúbal há seis anos. “Agora espero discutir a vitória no circuito mundial”.

A compatriota Poliana Okimoto, nadadora brasileira, que defendia o primeiro lugar do ranking mundial desta competição, terminou o percurso com o registo de 2h03m54s, tempo que lhe valeu o segundo lugar. Já a italiana Martina Grimaldi, com 2h04m01, ficou em terceiro.

Na etapa de Setúbal da FINA 10 Km Marathon Swimming World Cup 2014, uma parceria entre a Federação Internacional de Natação, a Federação Portuguesa de Natação e a Câmara Municipal de Setúbal, os atletas Hugo Ribeiro e Angélica André foram os melhores portugueses em prova.

“Foi uma prova muito dura com imenso contacto físico. Acaba por ser um bom indicador para o próximo Europeu em Berlim”, afirmou Hugo Ribeiro, o melhor nadador português em prova. Com o tempo de 1h54m05s, o atleta terminou os 10 quilómetros da “Setúbal Bay 2014” na vigésima posição.

Já Angélica André foi a melhor portuguesa, ao terminar no 29.º lugar com 2h07m37s. “Foi uma prova muito dura com um ritmo forte. Ficar nas 30 primeiras foi uma boa classificação. Senti-me bem até à quarta volta, mas depois o ritmo aumentou e houve um esticão muito forte na frente do grupo”, explicou.

A “grande competitividade” da prova foi destacada pelo diretor-técnico nacional da Federação Portuguesa de Natação, José Manuel Borges, resignado com a prestação da equipa portuguesa. “Fruto das condições muito difíceis, quer da temperatura da água, quer da exigência competitiva, não foi possível fazer melhor.”

Setúbal recebeu pela sétima vez uma etapa do circuito mundial de natação em águas abertas, depois de provas entre 2006 e 2011, a que acresce, em 2012, uma qualificação olímpica, sempre com muito público a assistir às provas em que participa a elite mundial da disciplina.

“Foi um regresso muito aguardado desta grande prova internacional à nossa cidade”, sublinhou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira. “Não só proporciona um grande protagonismo à região, como, paralelamente, explora as potencialidades do rio Sado”, vincou.

A organização de mais três provas do circuito mundial de natação em águas abertas, até 2017, “é o resultado do esforço e do investimento do Município e da Federação Portuguesa de Natação na promoção de uma das mais importantes modalidades da natação”, salientou a autarca.

A etapa de Setúbal da FINA 10 Km Marathon Swimming World Cup 2014, única na Europa, enche de orgulho Maria das Dores Meira: “É um facto que confere uma maior importância e uma acrescida responsabilidade à realização desta prova naquela que é uma das mais belas baías do mundo.”

O presidente da Federação Portuguesa de Natação, António José Silva, fez um “balanço positivo” daquela que é “a única etapa europeia do circuito mundial, resultante de uma parceria excecional com a Câmara Municipal de Setúbal”. Acrescentou que “esta experiência vai refletir-se numa melhor organização futura”.

A competição internacional foi antecedida de uma prova aberta, sábado de manhã, na distância de 1500 metros. O evento de promoção das águas abertas, destinado a nadadores entre os 14 e os 89 anos, com a participação de 143 atletas, foi uma das novidades da “Setúbal Bay 2014”.

Cláudio Pinheiro, da Sociedade Filarmónica União Artística Piedense, com o tempo de 20m10s, e Soraia Ribeiro, do Gespaços, com o registo de 21m, foram os vencedores da prova aberta, triunfo que, em ambas as categorias, foi discutido até aos últimos metros do percurso.

A FINA 10 Km Marathon Swimming World Cup 2014, com um total de oito provas, começou em fevereiro, em Viedma, na Argentina, e já passou por Cancun, no México. Depois da etapa setubalense, passa, até outubro, pelas águas de Lac St. Jean, Lac Magog e Lac Megantic, no Canadá, e de Chun’an e Hong Kong, na China.

Mais imagens da prova disponíveis no Álbum 1 e no Álbum  2 da página do Facebook da competição.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign