24 de Outubro de 2017
15º
max. 27º
min. 11º
notícias
iniciativas em destaque
energia 17 de Julho de 2014
Centro histórico requalifica iluminação

A rede de iluminação pública está a ser reabilitada e modernizada em algumas zonas da Baixa de Setúbal, com a substituição de lanternas de vapor de sódio por outras de tecnologia LED, mais económicas.

A intervenção, um investimento global de cerca de 75 mil euros, está a ser desenvolvida pela Câmara Municipal, faseadamente, na Praça de Bocage, no Largo da Misericórdia, no Jardim do Quebedo e no Largo Francisco Soveral, mais conhecido como Largo da Ribeira Velha.

Estes trabalhos na rede de iluminação pública, como outros que têm vindo a ser feitos em espaços públicos de Setúbal, de que é exemplo o Parque do Bonfim, são realizados no âmbito do Plano de Otimização Energética Municipal.

Um dos objetivos é a instalação de lâmpadas LED, que, juntamente com as vantagens económicas, são mais amigas do ambiente, apresentam ganhos em termos de aspeto visual e conforto urbanos, ao proporcionarem uma iluminação com níveis cromáticos mais apelativos.

Regra geral, as lâmpadas LED de 54 watts vão substituir as de vapor de sódio existentes, com potência na ordem dos 100 watts.

Todo o processo, que a Câmara Municipal está a realizar por intermédio de empreitadas, estimula igualmente a estética urbana.

Com recurso a uma metodologia denominada “retrofit”, está a proceder-se na Praça de Bocage à reabilitação das 33 lanternas ali instaladas.

Os candeeiros estão a ser estrutural e esteticamente recuperados para serem reintegrados nesta praça central de Setúbal com lâmpadas LED.

Em paralelo, no caso dos globos de iluminação estes são substituídos por outros modelos mais modernos.

A intervenção na Praça de Bocage ascende aos 37 mil euros e, no final, a Autarquia conta ter um espaço público mais acolhedor, com os edifícios e monumentos mais realçados, devido à tecnologia de iluminação adotada.

No Largo da Misericórdia, numa intervenção estimada em 22 mil euros, está a ter início a substituição de toda a iluminação.

O espaço recebe lanternas em modelo “cascais”, caracterizadas pelo estilo retro, e projetores de terra que vão iluminar a fachada da sede da Sociedade Musical Capricho Setubalense, coletividade que conta cerca de 150 anos de história.

Ainda no coração da Baixa setubalense, no Largo Francisco Soveral, encontra-se na fase final a instalação de projetores que vão iluminar e decorar o plátano ali existente, árvore que apresenta uma das maiores copas no concelho, com um diâmetro médio de 23,5 metros.

Estes trabalhos representam um investimento da ordem dos cinco mil euros.

Num dos limites do centro histórico, no Jardim do Quebedo, vão ser reabilitados os cinco candeeiros existentes, além de serem instalados mais dois, provenientes do Largo da Misericórdia.

Nesta intervenção, com um valor estimado de 10 mil euros, as colunas da rede pública de iluminação vão receber lanternas do modelo “stylage”, que, tal como as “cascais”, apresentam um estilo retro, as quais estarão igualmente equipadas com lâmpadas LED.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign