20 de Outubro de 2017
19º
max. 22º
min. 18º
notícias
iniciativas em destaque
Charlot 16 de Maio de 2011
Charlot reabre portas à Cultura
O Cinema Charlot – Auditório Municipal, “uma das referências culturais de Setúbal”, sublinha a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, foi reaberto oficialmente no sábado à tarde com novas condições para usufruto do público, após obras de requalificação.

Marcamos este momento com um sentimento de dever cumprido mas também com um elevado orgulho por podermos devolver à população este espaço de cultura que já se tornou uma referência para todos os cinéfilos”, referiu a autarca na cerimónia, realizada durante a quarta edição das Curtas Sadinas, que incluiu a exibição de três dezenas de filmes a concurso.

A disponibilização de novas e melhores condições para o desenvolvimento da produção e criação cultural no Concelho foi igualmente destacada pela presidente da Autarquia, reforçando que, com a reabertura deste equipamento, “os agentes culturais e as instituições locais recuperam mais um espaço onde podem desenvolver as suas actividades”.

As intervenções de beneficiação neste equipamento, dando cumprimento aos requisitos exigidos pela Inspecção-Geral das Actividades Culturais, foram realizadas pela Câmara Municipal de Setúbal em pouco mais de seis meses, num investimento superior a 220 mil euros.

A remodelação da rede de drenagem pluvial deste equipamento, encerrado desde Outubro, instalado na cave de um edifício onde se verifica a confluência de redes pluviais, foi uma das principais acções do projecto, que visou também a instalação de um sistema de tratamento de ar AVAC.

A correcção destas infra-estruturas destinou-se a eliminar os problemas registados ao nível de inundações e infiltrações, que afectavam o normal funcionamento da sala de espectáculos, localizada numa zona com um nível freático bastante elevado.

Em virtude dos problemas de inundações e infiltrações, que afectaram, ao longo dos anos, o interior do edifício, o projecto de requalificação promovido pela Autarquia incluiu a recuperação de diversos equipamentos, bem como a melhoria de aspectos relacionados com acessibilidades e segurança.

No que respeita à zona de espectáculos, a obra envolveu a mudança da estrutura do pavimento, que passa a ser totalmente inclinado, e a substituição da alcatifa. As cadeiras receberam tratamento de limpeza e manutenção, tendo sido criados cinco espaços destinados a pessoas com mobilidade reduzida. O auditório fica com uma capacidade total de 260 lugares.

Na cabina de projecção, foram instaladas uma nova porta corta-fogo, um vidro duplo na janela e uma segunda janela com as mesmas características e dimensão. A aplicação de painéis acústicos e o tratamento dos lambrins em madeira com verniz retardante ao fogo foram outras intervenções realizadas no interior do edifício.

Beneficiações no foyer, na entrada e nas escadas foram também executadas no âmbito deste projecto de requalificação, que observou, ao nível da mobilidade, a construção de uma rampa de acesso entre o interior do edifício e o logradouro.

A saída de emergência, que se encontrava numa zona recuada e de escassa visibilidade, foi deslocalizada, recebendo um portão dotado de barras antipânico. O tecto e as cortinas da sala de exibição foram também recuperados.

“Cumprimos o nosso dever mesmo quando, perante incompreensões várias, vimos o encerramento desta sala ser aproveitado como arma de arremesso político contra a Autarquia e as suas opções”, frisou Maria das Dores Meira, adiantando que “a realidade vai encarregar-se de contrariar aqueles que só conseguem ver o que julgam estar mal mas nunca o que é bom e o que é bem feito para tornar Setúbal uma cidade ainda mais atractiva”.

O Charlot é um espaço vocacionado para a exibição de cinema e vídeo, adquirido pela Autarquia em 1998, reabrindo, dois anos depois, em 31 de Maio de 2000, após obras de recuperação. Desde esta data registou um número estimado de 226 mil espectadores de sessões regulares de cinema.

Este equipamento cultural integra a Europa Cinemas, rede europeia de salas de cinema, pela qualidade da programação apresentada, e a CICAE – Confederação Internacional dos Cinemas de Arte e Ensaio.

A programação de cinema da sala é assegurada no âmbito de um protocolo entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Associação Cultural Festroia, entidade que, com o patrocínio da Autarquia, organiza anualmente o Festival Internacional de Cinema.

As obras no Cinema Charlot – Auditório Municipal integram um conjunto de investimentos de 15 milhões de euros destinados à criação e beneficiação de vários equipamentos culturais da cidade, nomeadamente a Casa da Baía, inaugurada a 7 de Maio, a Casa da Cultura, com abertura prevista para o final do ano, e o Fórum Municipal Luísa Todi, cuja remodelação ficará concluída em 2012.

“Assumimos o risco de avançar, quase em simultâneo, para obras nas principais salas da cidade e sabemos que, assim, muito penalizámos todos os que fazem destes espaços os seus locais de eleição para a fruição cultural. Prejudicámos o presente para ter um futuro melhor”, afirmou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal.

“Para lá da obra, para lá dos novos espaços de divulgação que agora criámos, o Cinema Charlot, a Casa da Baía e a Casa da Cultura são símbolos da estratégica persistência municipal em criar novas capacidades de promoção das potencialidades culturais locais”, destacou Maria das Dores Meira.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign