24 de Outubro de 2017
13º
max. 26º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
abertura 31 de Janeiro de 2016
Cidade do Desporto arranca em festa

Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 arrancou no dia 30 a todo o ritmo com um programa de dez horas consecutivas de atividades desportivas e uma cerimónia de abertura que evidenciou o ecletismo do programa que agora começa a decorrer.

“Aqui e agora começa a Cidade Europeia do Desporto 2016 em Setúbal”, exaltou a presidente da Autarquia, Maria das Dores Meira, dia 30 à noite, no Pavilhão Municipal das Manteigadas, na cerimónia oficial de abertura do evento que proporciona, ao longo do ano, atividades desportivas para todos.

Em ambiente de festa, cerca de 1700 pessoas assistiram à cerimónia, que marcou, com demonstrações de modalidades e apontamentos culturais, o arranque do calendário desportivo de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016.

O evento é apadrinhado pelo treinador de futebol José Mourinho e pela antiga atleta olímpica Rosa Mota que, apesar de não estarem fisicamente presentes no arranque do ano desportivo, partilharam com o público, num testemunho audiovisual, as razões para o sucesso do programa setubalense.

“Este é o tiro de partida para esta grande corrida que nos liga a todos pelo desporto”, sublinhou a autarca, para depois afirmar que a cidade está preparada para “um ano inteiro e intenso de desporto popular, de desporto em grandes competições, de desporto pelo prazer da participação”.

Para conquistar o reconhecimento feito a Setúbal pela ACES Europe – Associação das Capitais e Cidades Europeias do Desporto, juntamente com outras 18 cidades europeias, foi necessário “muito trabalho”, revelou. “Agora é necessário muito mais, para que tenhamos nas ruas milhares de pessoas a praticar desporto.”

O programa oficial tem já mais de duas centenas de ações confirmadas, incluindo a FINA Swim Marathon Olympic Games Qualification Tournament 2016, a 11 e 12 de junho, a partir do Parque Urbano de Albarquel, prova de natação em águas abertas, única em Portugal, de qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no Brasil, em 2016.

O regresso a Setúbal, mais de quarenta anos depois, de uma etapa da Volta a Portugal em Bicicleta, é outro dos eventos assegurados no âmbito do programa desportivo. A prova de ciclismo, agendada para 6 de agosto, inclui um percurso por Setúbal, por Azeitão e pelo Parque Natural da Arrábida. 

A realização de dois torneios internacionais de golfe, assim como o Campeonato da Europa de Biatle & Triatle, a Alegro Meia Maratona de Setúbal e o Dura Trail Internacional de Setúbal são outros eventos de relevo no calendário desportivo a decorrer entre janeiro e dezembro.

“Setúbal está de parabéns”, disse o secretário de Estado do Desporto, João Menezes, ao apontar o programa sadino elaborado no âmbito da Cidade Europeia do Desporto 2016 como um exemplo a seguir “pela cultura desportiva de qualidade” apresentada, filosofia pela qual Portugal se pauta.

O secretário de Estado do Desporto teceu ainda elogios ao património natural de excelência do território setubalense para a dinamização desportiva. “Da serra à baía, a prática do desporto é bastante atrativa, com Setúbal a oferecer condições únicas para as mais variadas modalidades.”

Já o presidente da representação portuguesa da ACES Europe, Nuno Santos, manifestou  orgulho por Setúbal, a quarta urbe portuguesa a receber o reconhecimento europeu depois de Guimarães, em 2013, Maia, 2014, e Loulé, 2015, “poder contribuir para o sucesso da disseminação do espírito de desporto para todos”.

Aquele responsável, ao adiantar que o programa sadino “tem todas as condições para ser um êxito”, reforçou que a “forte aposta do Município neste projeto vai conferir uma maior visibilidade à cidade”, não só na área desportiva, como também na vertente turística, uma vez que também conta com eventos internacionais.

Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 não é feita apenas de eventos de alta competição. O programa engloba iniciativas no âmbito do Desporto para Todos, direcionadas a pessoas com deficiências e outras para a comunidade escolar e de participação popular.

Além do desporto, com eventos em equipamentos urbanos, no rio Sado e na Serra da Arrábida, o estatuto alcançado este ano integra um vasto conjunto de atividades nas vertentes do lazer e da formação, assim como na cultura, como ciclos de cinema e exposições.

O ecletismo do calendário de atividades a dinamizar ao longo do ano ficou patente no arranque de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016, com o público presente no lotado Pavilhão Municipal das Manteigadas a apreciar um conjunto iniciativas que vão do desporto à cultura.

Primeiro, com um apontamento de dança pela Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, depois com manobras de uma equipa de BMX Flatland e uma demonstração de patinagem artística pelo Clube de Patinagem do Sado, com uma coreografia inspirada em músicas dos Queen.

Destaque, ainda, para a dupla de acrobatas aéreas Angélica e Raquel que encontraram no ar a melhor forma de dar vida às visões teatrais. Em Setúbal, protagonizaram um número surpreendente em Aerial Cube, um cubo suspenso, com coreografia ao som de “Cry Me a River”, na versão de Michael Bublé. 

Antes do desfile dos 57 clubes, associações e coletividades que fazem mexer Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016, a cerimónia destacou atletas, dirigentes e técnicos desportivos setubalenses, nas mais variadas modalidades, que assumem o papel de embaixadores do desporto sadino.

Fernando Tomé e Hélio Sousa, antigas glórias do Vitória Futebol Clube, Mário Narciso, selecionar nacional de futebol de praia e campeão do mundo em 2015, a par dos atletas olímpicos Edi Maia, no atletismo, e Tiago Venâncio, na natação, são apenas alguns dos nomes destacados.

A passagem de testemunho de Loulé, Cidade Europeia do Desporto em 2015, a Setúbal, com o vice-presidente do município algarvio, Hugo Nunes, a entregar uma taça à edil sadina, Maria das Dores Meira, foi outro dos momentos altos da cerimónia apresentado por Bárbara Guimarães e que culminou com uma atuação dos Deolinda.

Ao longo de 12 meses, Setúbal vive o desporto de forma intensa e regular, com um programa dividido nas áreas programáticas Setúbal 2016 #Inclui | Desporto para Todos, Setúbal 2016 #Transpira | Eventos Desportivos, Setúbal 2016 #Ensina | Qualificação E Conhecimento e Setúbal 2016 #Inspira | Desporto e Cultura.

“A Câmara Municipal de Setúbal, para aqui chegar, assumiu, nos últimos anos, um papel decisivo na criação de condições que permitem à generalidade dos cidadãos o acesso a formas qualificadas de desporto” e cuja base assenta no movimento associativo, vincou a presidente Maria das Dores Meira.

A esta estratégia municipal, reforçou a presidente da Autarquia, acresce a aposta “no aumento dos níveis de participação e frequência nas atividades desportivas com segurança e enquadramento técnico de qualidade, apoiados por uma rede de equipamentos de excelência”.

O título de Cidade Europeia do Desporto 2016 constitui, também, um “forte pretexto para apostar no reforço de iniciativas e dar continuidade à aposta na promoção da saúde pela prática da atividade física e desportiva”, destacou a autarca, que apontou as potencialidades naturais do concelho para a prática desportiva formal e informal.

Antes de cerimónia oficial de abertura, uma maratona de atividades ao longo de dez horas, numa dezena de locais do concelho setubalense, envolveu a população na partilha da diversidade desportiva e cultural de Setúbal impulsionada pelo espírito da Cidade Europeia do Desporto 2016.

“Em 10 horas e em 10 locais – Viver a Diversidade Desportiva e Cultural de Setúbal”. Este foi o mote que deu início do calendário desportivo de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016, numa iniciativa que fomentou a prática física através da fusão do desporto com diferentes formas de espetáculo.

ferramentas
notícias relacionadas
mais recentes
+ lidas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign