18 de Dezembro de 2017
13º
max. 12º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
cinema 12 de Agosto de 2016
Cinema italiano em festival

A receção oficial da 8 ½ Festa do Cinema Italiano, festival que decorre até dia 13 no Cinema Charlot – Auditório Municipal, realizou-se no dia 11 à tarde na Casa da Baía.

A cerimónia contou com a presença da vereadora da Câmara Municipal de Setúbal Carla Guerreiro, da adida cultural da Embaixada de Itália, de elementos do Instituto Cultural di Itália e da Associação Il Sorpasso.

A entidade responsável pela Festa do Cinema Italiano, que acontece em várias cidades de Portugal desde 2008, esteve representada por Stefano Savio, diretor do festival, e por Adriano Smaldone.

Durante a receção, todas as partes sublinharam a importância da continuidade deste festival em Setúbal, cidade que recebe agora pela primeira vez o certame, organizado com o objetivo de reforçar a presença do novo cinema italiano junto do grande público.

O evento, que se estende a mais 14 cidades portuguesas e nove países lusófonos, organizado pela Associação Il Sorpasso, com os apoios da Embaixada de Itália, do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa e, localmente, da Câmara Municipal de Setúbal, é marcado pelas exibições de produções clássicas e outras mais recentes que integram uma secção competitiva.

Em Setúbal, no primeiro dia do evento, após a cerimónia na Casa da Baía, foi exibida a antestreia do filme de culto “Lo Chiamavano Jeeg Robot”, de Gabriele Mainetti, vencedor de inúmeros prémios em Itália e da edição de Lisboa da Festa do Cinema Italiano 2016, sessão que contou com sessenta espetadores.

No programa de dia 12, pelas 18h00, é exibido o documentário de Agostino Ferrente e Giovanni Piperno, de 2013, “Le Cose Belle”, que segue quatro jovens napolitanos ao longo de dez anos, atualizando as histórias e os rostos dos protagonistas.

Para as 21h30, está marcada a projeção do thriller “Almas Negras”, de Francisco Munzi, de 2014, sobre uma família do crime organizado de Milão e da Calábria, locais onde a organização mafiosa 'Ndrangheta está mais presente.

Além da exibição de obras da recente cinematografia italiana, o evento apresenta, no dia 13, pelas 16h00, a cópia restaurada da obra-prima de Federico Fellini “8 ½”, vencedora do Óscar de melhor filme estrangeiro em 1964.

A Festa do Cinema Italiano encerra em Setúbal com a exibição do filme de Piero Messina, de 2015, “A Espera”, que retrata a história de Anna, interpretada por Juliette Binoche, uma mãe em luto que recusa despedir-se do filho e está determinada a prolongar ao máximo a sua existência.

As entradas em cada sessão da Festa do Cinema Italiano têm um custo de 2,5 euros, sendo que os estudantes, os maiores de 65 anos e os possuidores de cartão jovem pagam 2 euros. Existe ainda um passe de 5 euros que permite assistir a todas as sessões.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign