23 de Outubro de 2017
17º
max. 26º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
marchas 15 de Junho de 2015
Coletividades marcham para a glória

As nove coletividades participantes nas Marchas Populares de Setúbal 2015 apresentaram-se no dia 13 à noite na Avenida Luísa Todi e desfilam em competição a 19 e 20 na Praça de Touros Carlos Relvas.

“Isto é Setúbal”, cantou, no início do certame, a madrinha das madrinhas, Inês Pereira para os milhares de pessoas presentes ao longo da Avenida Luísa Todi.

Antes das coletividades em competição, a marcha da APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, com alunos e professores vestidos de marinheiros, desfilou, extraconcurso, com o tema “Marés e Marinheiros”. Num apontamento cénico, evocou a série de animação Popeye.

O “Ervilha”, antigo vendedor setubalense de gelados e castanhas, foi evocado pela marcha infantil da ACTAS – Academia Cultural de Teatro e Artes de Setúbal. “Já sabem que eu estou aqui?” um dos pregões mais conhecidos do comerciante, deu o tema a esta marcha, igualmente extraconcurso.

A noite popular deste certame organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, com os apoios da Europrol e da Aplaudir, prosseguiu então com a apresentação ao público das nove marchas a concurso nesta edição.

A primeira coletividade a mostrar-se à cidade e ao júri foi a ACTAS com o tema “Duas vidas num só fado…”, com 36 marchantes a prestar homenagem a Georgette de Jesus e a Calafate, duas figuras da cultura da cidade. Os arcos representam um barco formado por guitarras, um mastro de candeeiro e velas feitas com xailes. Maria Cordeiro é a madrinha.

Na marcha do Núcleo de Amigos do Bairro Santos Nicolau, inspirada no ambiente de vivência bairrista, há, no centro dos arcos, faróis, elementos essenciais para a navegação, que simbolizam a força do mar na vida dos moradores. Quarenta e cinco elementos formam o grupo, com Joana Baptista e Marco Caetano como padrinhos. O tema é “Há festa no Bairro Santos”.

A terceira marcha a concurso a desfilar foi a da Cooperativa de Habitação e Construção Económica “Bem-Vinda à Liberdade”, com o tema “É dia de feira na cidade”, numa homenagem à Feira de Sant’Iago. No total, a coletividade, com Carina Martins como madrinha, apresenta 44 marchantes, que passam a mensagem de que o certame é feito de festa.

O Grupo Desportivo Setubalense “Os 13” centra a sua atuação nas profissões ligadas ao mar, com o tema “Entre mares de crença e redes de dor, vive a varina e o seu pescador”, trabalho apresentado por 48 marchantes, com Susana Almeida como madrinha. As mulheres desfilam com saias com simbologia ligada à faina, enquanto os homens prestam homenagem aos descarregadores de peixe e aos pescadores.

“Arraial de S. João nas noites de Azeitão” foi o tema escolhido pela Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense, com 48 marchantes a recordarem os namoricos durante a festividade, o saltar a fogueira e a oferta de manjericos. Rita Guerreiro é a madrinha.

O Centro Cultural e Desportivo Brejos de Azeitão, com Ivone Dias como madrinha, apresenta “Entre bolinhas de sabão, a bonita lavadeira, entregou o seu coração”, em que 44 marchantes evocam a atividade desenvolvida nos antigos lavadouros.

Uma homenagem a Setúbal e às suas belezas naturais é a proposta da União Desportiva e Recreativa das Pontes, com 48 marchantes e Carla Lança como madrinha desta coreografia, com o tema “Setúbal princesa um tesouro da natureza”.

A qualidade do pescado de Setúbal inspirou o Grupo Desportivo Independente numa apresentação com o tema “Rainha sardinha, rei carapau”. O grupo é formado por quarenta marchantes e tem Sara Margarida como madrinha.

O Núcleo Bicross de Setúbal, com 47 marchantes, encerrou o desfile de sábado à noite na Avenida Luísa Todi, com “Cada cor seu paladar”, numa alusão aos rebuçados, que, antes do advento das tecnologias, maravilhavam as crianças. A madrinha da coletividade é Joana Lança.

Depois desta apresentação das coletividades à cidade, segue-se a fase de competição na Praça de Touros Carlos Relvas, na sexta-feira e no sábado, às 22h00, com bilhetes a 2,50 euros para cada noite.

As nove coletividades participantes mostram ao júri, composto por Florbela Queiroz, presidente, Teresa Varela (cenografia), Tiago Oliveira (coreografia), Ana Sabino (figurino), Cristina Carvalho (letra) e Marco Filipe Batista (música), o trabalho de largos meses na conceção de arcos e indumentárias, na criação de músicas e coreografias.

Existe ainda o prémio desfile, que elege a melhor marcha no desfile de apresentação na avenida, e será escolhida a madrinha das madrinhas.

Na dia 19 competem a ACTAS – Academia Cultural de Teatro e Artes de Setúbal, o Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, a Cooperativa de Habitação e Construção Económica “Bem-Vinda a Liberdade” e o Núcleo Bicross de Setúbal.

Já a Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense, o Centro Cultural e Desportivo de Brejos de Azeitão, o Grupo Desportivo “Os 13”, o Grupo Desportivo Independente e a União Desportiva e Recreativa das Pontes desfilam no dia 20.

Os resultados das Marchas Populares de Setúbal 2015 são divulgados posteriormente na página da internet da Câmara Municipal de Setúbal, em www.mun-setubal.pt.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign