19 de Outubro de 2017
16º
max. 22º
min. 15º
notícias
iniciativas em destaque
ambiente 21 de Março de 2012
Crianças ajudam a construir jardim

Ulmeiros, medronheiros e amieiros foram algumas espécies de árvores plantadas no dia 21 no Jardim das Descobertas por cerca de 80 crianças durante a inauguração deste novo espaço verde, no âmbito das comemorações em Setúbal do Dia Mundial da Árvore.

O jardim, um desejo antigo dos moradores de Vale do Cobro, freguesia de S. Sebastião, tem uma área que ronda os 6300 metros quadrados, resultando num investimento de cerca de 70 mil euros.

“A criação de um novo jardim, de um novo espaço verde na cidade, é sempre um motivo de celebração”, assinalou a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, na cerimónia de inauguração, que contou com a presença de quatros turmas das escolas básicas do 1.º ciclo Luísa Todi e n.º 6 do Monte Belo.

Mais do que celebrar o Dia Mundial da Árvore, frisou a autarca, “este é um contributo para que Setúbal seja uma cidade mais verde, com melhor qualidade de vida para os seus habitantes”, lembrando que existem 15 árvores no Concelho, algumas com mais de mil anos, com a classificação de “Interesse Nacional”.

Além de dotarem os espaços de “festa e alegria”, as árvores “desempenham nas cidades várias funções ambientais, em especial a missão de purificar o ar”, salientou, dirigindo-se às 84 crianças presentes na cerimónia.

“Nos últimos anos, o culto da árvore tem convergido para o culto do civismo e da cidadania, e muito por força do trabalho do Município com a plantação de inúmeras árvores em parques e escolas”, destacou Maria das Dores Meira.

Exemplo desse investimento, quer ambiental quer de lazer, é o Bosque do Centenário, também localizado em Vale do Cobro e inaugurado em 2011, como recordou o presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião.

“É um espaço de lazer espetacular”, indicou Nuno Costa, enaltecendo ainda o trabalho da Câmara Municipal na melhoria de Vale do Cobro, com asfaltamentos, colocação de moloks e arranjo de passeios, tornando a zona num “bairro distinto”.

Para a criação do Jardim das Descobertas foram transplantadas 16 árvores, de espécies como bordo comum, choupo e tipuana, e plantadas algumas das 68 novas árvores, 938 arbustos e 1780 herbáceas que vão compor esta área verde, numa oferta da empresa Moix, através de mecenato, no valor de mais de seis mil euros.

As árvores escolhidas para o Jardim das Descobertas são de espécies ripícolas, que se caracterizam pela fácil adaptação nas zonas húmidas e crescem rapidamente.

Além das plantações e sementeiras, foram efetuados trabalhos como a requalificação do leito da ribeira, já canalizada, a deslocalização de um parque infantil para uma área mais segura, a construção de uma rede de acessibilidades pedonais e a beneficiação do sistema de drenagem superficial das águas pluviais.

As sementeiras dos relvados serão feitas depois de uma intervenção ao nível da iluminação, a cargo da EDP, uma vez que só então será possível concluir a ligação final da rede de abastecimento de água ao sistema de rega.

Na cerimónia, a presidente da Câmara Municipal adiantou que, ao longo do ano, está prevista a plantação de mais 700 árvores, entre novas plantações e de substituição, em áreas já consolidadas do Concelho.

O número sobe para 1500 árvores se aquele valor for somado às plantações programadas para outros espaços verdes do município, em construção, em fase de planeamento ou a requalificar no âmbito de iniciativas como o “Setúbal Mais Bonita”.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign