16 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
ambiente 01 de Abril de 2013
Crianças dão a mão à floresta

Perto de duas centenas de crianças celebraram a natureza com jogos alusivos à preservação ambiental durante a ação “Dá a Mão à Floresta”, dia 1, na Praça de Bocage.

As brincadeiras, integradas numa ação de sensibilização ambiental de âmbito nacional organizada pelo grupo Portucel Soporcel com a parceria local da Câmara Municipal, passaram, entre outras, pelo “Jogo da Floresta”, um formato de jogo da glória gigante, com seis por quatro metros, alternadamente colocado nas arcadas do edifício dos Paços do Concelho e junto da estátua de Bocage.

Na iniciativa, integrada nas comemorações do Dia Mundial da Floresta, os mais pequenos participaram igualmente na “Dança da Floresta”, atividade que aliou a música à dança numa coreografia improvisada que rapidamente se afinava ao som do refrão “gosto das flores, dos pássaros a voar e das montanhas e das ondas do mar”.

Na “Árvore dos Desejos”, a criançada pôde expressar os afetos com frases escritas em folhas azuis e verdes, colocadas numa estrutura em cartão canelado com uma altura de cerca de dois metros, onde, entre muitas dezenas de votos, podia ler-se “desejo que as árvores cresçam fortes”, “não sejam queimadas”, “que as pessoas não deitem lixo para a floresta”, “tenha animais saudáveis” e “desejo que a floresta seja feliz!”.

O diretor da fábrica de Setúbal do grupo Portucel Soporcel, Óscar Arantes, destacou a importância da adesão infantil ao evento, numa ação principalmente destinada a este público, a quem importa “mostrar a diversidade existente e os cuidados a ter com a floresta e a sua preservação”.

O vereador do Ambiente da Câmara Municipal, Manuel Pisco, defendeu a ideia de que “cada árvore a menos é um problema a mais”, salientando os esforços feitos pela Autarquia com vista ao reforço da plantação e da área florestal, inclusivamente nos espaços urbanos.

O autarca destacou ainda o trabalho regular feito ao nível do tratamento e da observação contínua das espécies florestais no concelho, missão na qual está também incluída a luta contra as pragas da lagarta do pinheiro e do escaravelho da palmeira.

Na “Dá a Mão à Floresta”, que vai já na terceira edição, foram distribuídas cerca de 700 plantas de espécies florestais, concretamente eucalipto, carvalho, alfazema, alecrim, medronheiro, sobreiro e azinheira, acondicionadas em pequenos vasos e prontas a ser plantadas, acompanhadas de um folheto informativo com os cuidados a ter.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign