18 de Dezembro de 2017
13º
max. 12º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
internacional 13 de Abril de 2015
Cuba mostra cultura

A cultura cubana e o fim anunciado do embargo económico imposto pelos Estados Unidos a Cuba, vigente há mais de cinquenta anos, foram temas debatidos numa sessão especial realizada no dia 11 à tarde, na Casa da Cultura.

A tarde intercultural dedicada a Cuba, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, contou com a embaixadora Johana Tablada de La Torre e a presidente da Autarquia, Maria das Dores Meira, que conversaram com o público presente na Sala José Afonso, composto por mais de duas dezenas de pessoas.

A autarca destacou a alegria do povo cubano e o exemplo de perseverança ao manter-se fiel às suas opções políticas. Maria das Dores Meira mostrou-se “esperançada com os recentes sinais” relativos ao levantamento do embargo económico, comercial e financeiro imposto há 53 anos pelos Estados Unidos ao maior país das Caraíbas.

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal acredita que ”Cuba tem alguns problemas, como qualquer outro país”, mas defende que “essas questões devem ser os próprios cubanos a resolver”, sem necessidade “que vá outro país subjugá-los e dizer-lhe o que devem fazer”

Para a embaixadora de Cuba em Portugal, esta aproximação aos Estados Unidos é muito importante para as relações comerciais e políticas do país com o resto do mundo. “Oitenta e dois por cento da população cubana nunca viveu sem o embargo do nosso vizinho, que é só a maior economia mundial.”

A sessão teve início com a exibição do documentário, “Loipa – Existência em Plenitude”, de tributo à bailarina Loipa Araújo, que, enquanto esteve no Ballet Nacional de Cuba, atuou em diversos países do mundo, contribuindo para a divulgação da cultura cubana no exterior.

A embaixadora Johana Tablada de La Torre pegou no exemplo do Ballet Nacional de Cuba, “a quinta melhor escola mundial de bailado”, para afirmar que, apesar das restrições decorrentes do embargo, o governo local assegura saúde, cultura e educação gratuitas para todos. “O Estado trabalha por uma justiça social, porque o dinheiro não é mais importante que as pessoas”.

A tarde intercultural cubana integra um ciclo que a Câmara Municipal de Setúbal está a promover sobre diversos países.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign