18 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
economia 18 de Dezembro de 2012
Decathlon inaugura unidade logística

A criação de empregos e o fomento do desenvolvimento da região foram destacados, no dia 18, à tarde, pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, na inauguração do Centro de Aprovisionamento Logístico Nacional da Decathlon.

“Este centro logístico, agregador e gerador de desenvolvimento, que na plena fase de laboração cria 420 postos de trabalho diretos e 500 indiretos, é um excelente indicador para que os que ainda podem investir olhem para Setúbal como um destino privilegiado desses investimentos”, sublinhou a autarca na cerimónia de inauguração do equipamento, instalado na zona do Vale Ana Gomes.

A implementação deste projeto é uma “demonstração do posicionamento estratégico assumido pela Autarquia”, realçou a edil, apontando o investimento de mais de dois milhões de euros realizado na construção da nova Avenida José Saramago, já aberta à circulação.

Esta via estruturante do Polo Comercial do Monte Belo Norte, além de servir a nova unidade logística da Decathlon, faz, igualmente, a ligação ao novo prolongamento da autoestrada A12 e representa a primeira fase da ligação desta zona à frente ribeirinha, constituindo o troço inicial da “Via Urbana P1”.

O Centro de Aprovisionamento Logístico da Decathlon, equipamento com 30 mil metros quadrados construído de raiz para abastecimento da rede de lojas da marca existentes em Portugal, com três naves para operações distintas e cerca de três dezenas de cais de cargas e descargas, representa um investimento superior a 30 milhões de euros.

A nova unidade da multinacional, criada numa área de expansão comercial de Setúbal, num terreno com 20 hectares, prevê um fluxo logístico diário de 11 a 15 camiões para o abastecimento das 25 lojas que integram a rede Decathlon em Portugal, permitindo a movimentação de 15 milhões de artigos por ano.

Maria das Dores Meira sublinhou que este projeto “assume uma importância suplementar” num “período de recessão e de crise agravada”, materializando a ideia de que “é com políticas de investimento e de arrojo que se consegue vencer as dificuldades”.

As obras que a Autarquia já realizou e continua a promover resultantes de candidaturas a fundos comunitários no valor global de mais 50 milhões de euros – “investimentos geradores de mais qualidade de vida” – foram igualmente destacadas pela autarca como formas de contrariar as atuais dificuldades económico-financeiras.

“Esta é a melhor forma de combater a crise. Apostando no desenvolvimento, na geração de riqueza, na criação de emprego, na criação de saber. Com todos, queremos continuar este processo de mudança e de transformação que se vê um pouco por todo o concelho”, vincou Maria das Dores Meira.

A infraestrutura comercial, também com uma loja de venda ao público com quatro mil metros quadrados, com abertura prevista para o primeiro semestre de 2013, inclui a Oficina País, um serviço de reparação de equipamentos comercializados pela marca e de personalização de artigos para a prática desportiva.

A importância deste investimento foi igualmente destacada pelo diretor-geral da Decathlon, José Fonseca, classificando-o como “um grande passo no desenvolvimento da empresa” em Portugal.

A decisão de criar o equipamento, explicou aquele responsável, resultou do “acelerado crescimento da Decathlon”, fator que motivou a necessidade de uma maior “autonomia logística” da empresa, cujas lojas em Portugal eram abastecidas anteriormente através de uma unidade espanhola. 

O secretário de Estado adjunto da Economia e do Desenvolvimento Regional, António Almeida Henriques, classificou o projeto da Decathlon como “um bom exemplo de investimento privado que pode ser realizado em Portugal”, enaltecendo, neste caso particular, as sinergias de trabalho estabelecidas com a Câmara Municipal de Setúbal. “Trata-se de um aproveitamento de recursos numa estratégia concertada.”

O governante enfatizou ainda a preocupação ambiental da empresa com a implementação do Centro de Aprovisionamento Logístico Nacional da Decathlon. “Devolveram em triplo as árvores que foram abatidas para a construção desta grande infraestrutura.”

A Decathlon, da rede Oxylane, está presente em Portugal desde 1993, possuindo espaços comerciais desde 2000. Além disso, a empresa produz e exporta artigos concebidos no País para cerca de sete centenas de lojas existentes em vários pontos do mundo.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign