17 de Outubro de 2017
18º
max. 21º
min. 14º
notícias
iniciativas em destaque
música 27 de Maio de 2016
Desfile musical junta duas mil crianças

O sal inspirou os ritmos e as coreografias das cerca de mil crianças que participaram, na manhã de dia 27, no desfile de percussão do Festival de Música de Setúbal, que encheu a Avenida Luísa Todi de cor, sons e alegria.

A festa começou muito tempo antes de o desfile percorrer a Avenida Luísa Todi, com uma multidão de crianças, jovens, professores e encarregados de educação a juntar-se ao som de batuques e tambores no Auditório José Afonso, o que ajudou a ensaiar e afinar as coreografias.

Nesta demonstração de percussão, cada grupo de escolas ia tocando o ritmo dos respetivos estabelecimentos de ensino, enquanto Fernando Molina, coordenador da apresentação, pedia ânimo e concentração para o desfile. “Se não fizermos bem à primeira, fazemos bem à segunda. Só vos peço para ouvirmos os passarinhos da Serra da Arrábida.”

A concretização do desfile do Festival de Música, salientou, “só é possível graças à adesão e ao apoio, com sensibilidade e dedicação, de todos os professores e de todos os que têm um papel secundário”.

Ao comando de Fernando Molina, todos ficam em sentido. Chega a hora de animar e desfilar na Avenida Luísa Todi. “Vamos saltar de ritmo em ritmo, de canção em canção, de movimento em movimento”, anuncia o coordenador.

Na tradicional iniciativa do festival marcam presença utentes da APPACDM de Setúbal e alunos das escolas básicas Barbosa du Bocage, Luísa Todi, Aranguez e Brejoeira e das básicas e secundárias Lima de Freitas e Ordem de Sant’Iago.

Como o “Sal” é o tema desta edição do Festival de Música de Setúbal, os instrumentos usados pelos jovens foram construídos de forma criativa e, em grande parte, ambientalmente sustentáveis.

Vuvuzelas, baldes de tinta a servir de tambores, flores e barcos à vela elaborados com papel reciclado e garrafas de água com areia a simular o som do sal animam o percurso na Avenida Luísa Todi, por onde passam salineiros.

À medida que as escolas tocam os ritmos que lhes competiam, Fernando Molina não se cansa de falar e interagir com os pequenos percussionistas. “Sal, sal, seca, seca…”, grita vezes sem conta. “Mão direita no peito, mão esquerda à frente. Está fantástico”, elogia, ao mesmo tempo que gesticula movimentos de coordenação musical.

O cortejo culmina junto da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal. O cansaço não se sente nas crianças, que fazem questão de se fazer ouvir, tocando como podem e puxando pelos nomes da escola ou instituição que representam.

O certame, organizado pela A7M, com financiamento da Câmara Municipal de Setúbal, do Helen Hamlyn Trust e da Fundação Calouste Gulbenkian, conta nesta edição com os apoios do British Council e da Antena 1 e da Antena 2.

O Festival de Música de Setúbal de 2016 tem o “Sal” como tema principal, numa referência à importância histórica que o produto assumiu no desenvolvimento da região e do concelho, tratando-se de uma importante moeda de troca em períodos que remontam ao Império Romano.

O programa completo do certame pode ser consultado em www.festivalmusicadesetubal.com.pt.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign