18 de Dezembro de 2017
max. 13º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
carnaval 20 de Fevereiro de 2012
Desfiles de foliões animam Avenida

Foliões de seis coletividades e de grupos informais percorreram no dia 19 a Avenida Luísa Todi no primeiro desfile do Carnaval de Setúbal 2012, que se repete a 21, à tarde, iniciativa conta também com animação musical no Auditório José Afonso.

Num percurso entre o Largo José Afonso e o antigo Quartel de Infantaria 11, a União Cultural, Recreativa e Desportiva Praiense foi a primeira a entrar no desfile, organizado numa parceria da ACOES – Associação do Carnaval e Outros Eventos de Setúbal com a Câmara Municipal, juntas de freguesia e movimento associativo do Concelho.

Cavalos-marinhos, conchas, estrelas-do-mar e figuras mitológicas integraram o desfile do União Praiense, com cerca de 70 foliões, que, com o tema “Mitologia dos Mares”, tingiu a avenida de azul.

Seguiram-se os perto de 30 foliões do Grupo Desportivo Fonte Nova, que apresentou a “Padaria da Crise”, onde “profissionais” da panificação, empunhando rolos de massa, deixaram críticas sociais e políticas.

Pelo meio foi recordado o saudoso “Ervilha”, vendedor de gelados e castanhas assadas. “Já sabem que eu estou aqui”, apregoava.

Ao som dos ritmos carnavalescos, pescadores, vendedores de peixe e homens do mar da Associação de Moradores do Bairro da Anunciada mostraram “As sardinhas entre nós”, uma das sete maravilhas gastronómicas de Portugal.

Diretamente da rede de pesca para o assador, um fogareiro também integrou o figurino deste grupo, com três dezenas de foliões, que desfilou e brincou ao Carnaval saboreando a típica sardinha setubalense no pão.

Já o Clube Desportivo e Recreativo “Águias de S. Gabriel” fez da austeridade paródia. Com “Troikas & Troikinhos”, a meia centena de foliões assombrou o muito público concentrado nas laterais da Avenida Luísa Todi com os fantasmas do FMI, da Troika e do BCE.

Igualmente inspirados na crise económica e financeira, os 40 foliões da União Desportiva e Recreativa das Pontes desfilaram sob o tema “Troika”, ao som de um remistura do êxito de Michel Teló – “Troika, Troika, assim você me mata, ai sou eu que pago, ai ai, eu é que pago!” –, apresentando várias profissões de licenciados desempregados.

Sem sátiras no desfile, a Academia Cultural Teatro e Artes de Setúbal apresentou “Smurfs e Smurfinas”, alegres figuras de animação dos anos 80, espalhando alegria e fazendo as delícias do público mais jovem.

Os cortejos carnavalescos contaram ainda com a participação especial do Clube de Motards de Setúbal, que desfilou com duas dezenas de índios e um grupo de palhaços. 

A fechar o cortejo, rei e rainha do Carnaval de Setúbal 2012, Tiago Mestre e Joana Batista, acenavam ao público que assistia ao desfile ao longo de todo o percurso.

Antes do desfile, houve apontamentos musicais no Auditório José Afonso com Helder Cardoso e o grupo de percussão do projeto “Agora Sim!”.

No dia 21 há novo desfile na Avenida Luísa Todi, antecedido da cegada “O Viveiro das Passaronas” no Auditório José Afonso. No final, é eleito o vencedor do concurso de entre as coletividades participantes nos desfiles de foliões.

As comemorações do Entrudo incluem ainda uma noite de música eletrónica, dia 20, a partir da meia-noite, no Largo José Afonso, com o DJ Pedro Goya a marcar os ritmos da festa “Carnaval After Hours”, de entrada livre.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign