18 de Outubro de 2017
14º
max. 20º
min. 14º
notícias
iniciativas em destaque
inclusão 17 de Junho de 2013
Diversidade cultural marca visita

As vantagens da diversidade cultural foram salientadas no dia 17 num encontro com a participação de peritos internacionais em interculturalidade, no âmbito de uma visita de avaliação a decorrer em Setúbal até dia 19.

Na sessão de boas-vindas ao grupo da Rede das Cidades Interculturais, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, destacou a importância do encontro, já que no município “há uma riqueza multicultural muito grande”.

O autarca expressou o desejo de que os objetivos da presença destes peritos, integrados numa visita de avaliação prevista no plano de trabalho da Rede Portuguesa das Cidades Interculturais, fossem cumpridos e reforçados “para uma melhor organização da cidade”.

A comissão de avaliação presente em Setúbal é constituída por Eladio Fernández Galiano, responsável do Conselho da Europa, Daniel de Torres, coordenador da Rede Espanhola de Cidades Interculturais, e Francisco Empis, coordenador da Rede Portuguesa das Cidades Interculturais em Portugal (RPCI).

Na cerimónia de abertura do encontro, Eladio Fernández Galiano realçou a importância da diversidade cultural e de os imigrantes serem vistos nos países de acolhimento como uma mais-valia, pelas experiências que trazem, e não como um problema.

O responsável indicou que nos países analisados até ao momento pela Rede das Cidades Interculturais a “harmonia na integração tem avançado bem, prevenindo-se deste modo a formação de grupos extremistas”.

O coordenador da Rede Espanhola das Cidades Interculturais, Daniel de Torres, salientou que, nesta visita a Setúbal, pretende partilhar a sua experiência em trabalho autárquico, “mais como um colega do que como avaliador”, aproveitando a experiência profissional no Município de Barcelona de oito anos na área das políticas de imigração.

Daniel de Torres destacou que a diversidade influi em todas as áreas da sociedade, pelo que as estratégias a adotar devem ser globais, não só do ponto de vista dos apoios sociais prestados, mas com políticas ativas de integração, o que requer um consenso de todos os quadrantes políticos.

O técnico destacou que, para a construção de uma sociedade mais inclusiva e tolerante, “não basta ter ideias, todos devem trabalhar no mesmo sentido”, referindo que gostaria que Setúbal fosse a primeira cidade portuguesa a integrar a Rede das Cidades Interculturais.

O coordenador da RPCI, Francisco Empis, indicou que a visita se destina a aprofundar o conhecimento das políticas de interculturalidade implementadas em Setúbal e os resultados que estão a ser atingidos, podendo, em caso de necessidade, originar recomendações de melhoria.

O responsável do Conselho da Europa, Eladio Fernández Galiano, elogiou a intervenção feita pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal na Conferência da Rede das Cidades Interculturais, realizada em Dublin, em fevereiro, fator que contribuiu igualmente para a escolha do concelho como local desta visita de avaliação.

Na capital irlandesa, Maria das Dores Meira apresentou as políticas sociais de integração de imigrantes, destacando igualmente o envolvimento da população em ações que visam a melhoria das condições de vida e o incremento da coesão social, dando como exemplo o programa municipal “Nosso Bairro, Nossa Cidade”.

A sessão de hoje contou ainda com intervenções de diversos técnicos da Câmara Municipal de Setúbal e de entidades parceiras da Autarquia, que apresentaram as medidas implementadas de promoção da interculturalidade no concelho.

No dia 18, às 09h30, no Centro Multicultural, são promovidos encontros com o movimento associativo local de imigrantes e, à tarde, a partir das 14h30, com instituições ligadas ao apoio comunitário e à intervenção social.

Visitas ao Moinho de Maré da Mourisca, aos bairros da Bela Vista e ao Parque Urbano de Albarquel, bem como uma sessão final aberta aos órgãos de comunicação social, no dia 20, às 12h15, na Casa da Baía, integram ainda as atividades do grupo de peritos em Setúbal.

A proposta de adesão de Setúbal à Rede Portuguesa das Cidades Interculturais, ação que pretende contribuir para a construção de uma sociedade mais coesa e consciente da diversidade cultural, foi aprovada em reunião pública da Câmara Municipal realizada a 22 de maio.

A Câmara Municipal enviou igualmente ao Conselho da Europa, para assinatura, a carta compromisso que formaliza a adesão de Setúbal à Rede das Cidades Interculturais. O Conselho das Europa é o órgão que promove este projeto, dinamizado desde 2008 e atualmente com 21 cidades que adotaram políticas interculturais a favor de uma correta integração dos imigrantes e do respeito pela diversidade.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign