18 de Dezembro de 2017
max. 13º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
encontro 21 de Novembro de 2016
Embaixadores partilham memórias

Oito embaixadores de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 partilharam, dia 19 à tarde, sentimentos, experiências e momentos marcantes do programa desportivo sem precedentes organizado pela Câmara Municipal e que faz deste um ano inesquecível para todos.

A importância do desporto, a responsabilidade de ser embaixador, os principais eventos desportivos dinamizados e o futuro desportivo setubalense foram alguns dos temas em reflexão e análise na Tarde Intercultural “Os Embaixadores de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016”.

O encontro, em formato de conversa informal, realizado no auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, juntou oito dos 24 embaixadores que atestam o ecletismo do desporto sadino e que se entregam de corpo e alma ao programa de atividades que culmina no próximo mês.

“Nunca pensei que pudesse a vir a ser embaixadora”, confessou Inês Moreira, estudante de 15 anos e atleta de tumbling, disciplina da ginástica, feliz por o programa estar a “ajudar a tornar Setúbal mais conhecida”. É a mais nova do grupo de referências que dá a cara por Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016. 

Simone Fragoso, atleta paralímpica e representante da modalidade de natação, afirmou que “ser embaixadora, além de gratificante, tem sido uma experiência fantástica”. Partilhou, ainda, que quando recebeu o convite, começou logo a pensar “em coisas em que pudesse para participar e em como podia contribuir”.

Surpreendido e entusiasmado. Foi assim que João Sanona, representante do ténis adaptado, atleta e dirigente do Clube de Ténis de Setúbal, descreveu o misto de sentimentos aquando do desafio de ser embaixador. “Este foi um ano em que Setúbal sentiu verdadeiramente o desporto”, afirmou.

A admiração foi o sentimento de Mário Narciso perante a convocatória para o grupo de embaixadores. “Perguntei a mim próprio, porquê eu?” A resposta está, certamente, na carreira enquanto futebolista, com 14 anos de Vitória, e, mais recentemente, com os êxitos como selecionador nacional de futebol de praia.

“Fiquei extremamente feliz com o convite e elevámos o nome de Setúbal”, destacou o setubalense, com vários títulos nacionais e internacionais conquistados, entre os quais, por dois anos consecutivos, o de melhor treinador de futebol de praia do mundo. “E acredito que o maior retorno desportivo está ainda para vir.”

O futebol é também a praia de Fernando Tomé, ou melhor, o relvado. Lenda viva do Vitória Futebol Clube, o antigo futebolista e treinador está agora ligado à formação. “Tive a honra e o prazer de trazer a bandeira da Cidade Europeia do Desporto para Setúbal”, recordou, emocionado.

Fernando Tomé não se considera vaidoso, mas tem uma vaidade. “Uso todos os dias o símbolo de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016”, afirmou, orgulhosamente, sobre o crachá que ostenta na roupa. “É uma alegria e muito gratificante ver Setúbal reconhecida no desporto.”

Já Júlio Silva é o embaixador para o basquetebol. Para o antigo atleta e professor de educação física, a notícia de que Setúbal seria Cidade Europeia do Desporto 2016 foi recebida com grande satisfação. “É, sobretudo, um reconhecimento nacional e internacional do nosso desporto.”

Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 conta ainda, como representante na natação, com Tiago Venâncio. Confessou que quando soube da atribuição do título europeu à urbe sadina ficou apreensivo. “Fiquei inquieto com a dúvida sobre aquilo que iria ser feito. E muito foi feito. E correu tudo de feição.”

O atleta olímpico mostrou-se convicto de que o programa desportivo organizado ao longo deste ano constituiu “um valioso impulso para a visibilidade da cidade e do desporto setubalense”. Porém, acrescentou que este é um trabalho para continuar e defendeu que “o incentivo à prática desportiva tem de começar em casa”.

No encontro participou ainda o antigo jogador de voleibol Miguel Dias e, naturalmente, representante daquela modalidade. “O desporto é uma das minhas grandes paixões. Aceitei ser embaixador com grande sentido de responsabilidade e convicto de que este ano é o pontapé de saída para algo mais.”

No encontro, dinamizado ao longo de mais de duas horas, os embaixadores foram ainda desafiados a escolher, entre as largas centenas de eventos desportivos realizados ao longo dos quase 11 meses já percorridos, os eventos preferidos, bem como aqueles que mais os entusiasmaram.

Além de iniciativas de modalidades que representam, a grande maioria dos embaixadores elegeu a prova de qualificação olímpica de natação em águas abertas FINA Marathon Swimming Olympic Qualification Tournament – Setúbal 2016 e a nona etapa da 78.ª Volta a Portugal em Bicicleta como as favoritas.

Mas há exceções. Para Fernando Tomé, o dia 22 de março marcou o ano desportivo. “Foi durante o Fórum de Treinadores de Futebol/Futsal, no Luísa Todi, no qual foi feita uma sentida homenagem a Quinito, um filho da cidade, que deixou toda a gente emocionada.”

Também Miguel Dias elegeu, além dos dois mencionados grandes eventos, uma iniciativa que o impressionou, concretamente o Sincroshow – Festival Noturno de Natação Sincronizada, a 4 de abril, na Piscina das Palmeiras. “Foi um espetáculo fabuloso que recomendo a todos.”

A tarde intercultural com os embaixadores foi mais uma atividade do vasto calendário de eventos de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016, programa impulsionado pela Câmara Municipal que culmina a 17 de dezembro com uma gala de encerramento.

ferramentas
notícias relacionadas
mais recentes
+ lidas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign