19 de Outubro de 2017
15º
max. 22º
min. 15º
notícias
iniciativas em destaque
festroia 23 de Setembro de 2012
Emoção no regresso a casa

Uma sala completamente cheia assinalou o regresso do Festroia ao Fórum Municipal Luísa Todi, dia 21 à noite, na cerimónia de abertura da 28.ª edição deste festival de cinema, marcada pela emoção.

“Estou muito emocionada”, afirmou a diretora do Festroia – Festival Internacional de Cinema de Setúbal, Fernanda Silva. “Este é um dos momentos mais emocionantes da vida do Festroia.”

Ao voltar a pisar o palco do Fórum Luísa Todi, sala de espetáculos alvo de obras de remodelação profundas, confidenciou que sonhava com este regresso, mas, realçou, só um “sonho que se sonha junto é realidade”.

Fernanda Silva agradeceu a todos os que participaram na requalificação do “velhinho” Fórum, em especial à Câmara Municipal de Setúbal, principal patrocinador do festival. “A todos os trabalhadores liderados por uma mulher excecional, a Dra. Maria das Dores Meira, muito obrigado por nos trazerem de volta a casa.”

Até dia 30, o Fórum, requalificado numa empreitada de mais de quatro milhões e duzentos mil euros, é de novo a casa da Festroia, por onde passam, repartidos pelo Cinema Charlot – Auditório Municipal, 182 filmes de mais de quarenta países.

Nesta edição de um dos principais certames de divulgação da cinematografia mundial afastada dos grandes circuitos comerciais, em particular do cinema europeu, a Croácia é o convidado especial, com quase trinta filmes em exibição, o que lhe mereceu a atribuição de um Golfinho de Cristal na cerimónia de abertura.

Num indício do ecletismo artístico que vai pontuar a programação regular do Fórum Luísa Todi já a partir de outubro, a noite abriu com uma atuação da Pequena Companhia da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal, para depois o palco transformar-se numa verdadeira embaixada da Croácia, a que não faltou o próprio embaixador Zeljko Vokosav.

Os realizadores Ognjev Svilicic e Dejan Acimovic, as atrizes Ana Karic e Natasa Dorcic e a produtora Tania Acimovic foram acolhidos como um grupo representativo dos novos talentos da sétima arte croata.

O diretor do Centro Audiovisual da Croácia, Hrvoje Hribar, a quem coube receber o Golfinho de Cristal, aproveitou para ilustrar que o animal que simboliza o Festroia não assusta como o leão, o leopardo ou o urso de outros festivais de cinema. “O golfinho é dócil e vai à sua vida. Atravessa fronteiras e leva o nome do Festroia mais longe.”

Outro momento alto da noite foi a atribuição de um Golfinho de Ouro de Carreira ao ator croata Rade Serbedzija pelo seu impressionante percurso profissional, marcado pela participação em cerca de 170 filmes, o último em rodagem em Vancouver, no Canadá, o que impediu o galardoado de marcar presença em Setúbal.

Numa mensagem de vídeo, o mais internacional dos atores croatas falou na importância do cinema enquanto fator de transformação dos homens para a criação de um mundo melhor, com justiça e paz. O vencedor do prémio de melhor ator no Festival de Veneza com o filme “Antes da Chuva”, de 1994, apresentado no dia 21 no Festroia a seguir à cerimónia de abertura, depois de outro, “Canibal Vegetariano”, anunciou que pretende vir a Setúbal no verão.

Na ausência do homenageado, o Golfinho de Ouro de Carreira, assinalado numa placa descerrada em palco para ficar exposta junto das restantes nas paredes do Fórum, foi entregue aos três filhos, todos igualmente ligados ao cinema, o realizador Danilo Serbedzija e as atrizes Lucija e Nina Serbedzija.

A cerimónia apresentou mais dois apontamentos visuais, uma mostra de trailers de filmes da Croácia e um vídeo sobre a história e as recentes obras de requalificação do Fórum Luísa Todi, equipamento que, como salientou a presidente da Câmara Municipal, “oferece as melhores condições” para a realização do Festroia, “evento central da atividade cultural de Setúbal e do País”.

Como noutras edições, Maria das Dores Meira lembrou o fundador do festival, Mário Ventura, e agradeceu aos organizadores do certame, em particular à diretora, Fernanda Silva, “a paciência que tiveram para esperar pelo Luísa Todi” e por nunca desistir, nas três edições em que o Fórum esteve fechado para obras, de realizar em Setúbal, em espaços alternativos proporcionados pela Autarquia, esta “festa do cinema”.

A festa do cinema prossegue em Setúbal até dia 30, com a exibição de mais de 180 filmes no Fórum e no Charlot, 45 em competição na Secção Oficial, Primeiras Obras e O Homem e a Natureza. Além da homenagem à cinematografia croata, com 27 obras, o Festroia conta com os ciclos Cinema Português do Ano, Panorama, Juvenil, Infantil e Short Matters da Academia Europeia de Cinema.

Uma homenagem a três realizadores falecidos recentemente, o português Fernando Lopes, o checo Vaclav Havel e o grego Theodoros Angelopoulos, e um ciclo inédito dedicado ao Thriller Europeu são destaques desta edição.

A cerimónia de encerramento do 28.º Festroia é no dia 29, às 21h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com a entrega de prémios aos vencedores nas diferentes categorias a concurso e uma homenagem à atriz Alexandra Lencastre, que recebe o Golfinho de Carreira.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign