11 de Dezembro de 2017
13º
max. 16º
min. 7º
notícias
iniciativas em destaque
Seniores 30 de Agosto de 2011
Encontro debate velhice ativa

A realidade existente e a procura de novas soluções para uma velhice salutar estão em debate no seminário “Envelhecimento Ativo: que caminhos?”, que decorre no dia 6, a partir das 09h30, no Auditório Municipal Charlot, em Setúbal.

O encontro, destinado a toda a população, em particular técnicos da área, estudantes e idosos, é promovido pelo Observatório Sénior, organismo que resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal, a Uniseti – Universidade Sénior de Setúbal e o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS).

A sessão de abertura está a cargo de José Rebelo, do Observatório Sénior, e de Armando Pires, presidente do IPS.

O primeiro painel de oradores, moderado por Brissos Lino, do Observatório Sénior, centra-se em “O direito à cidadania” e tem início previsto para as 10h00. Teresa Cadavez, da Provedoria de Justiça, apresenta “Os direitos dos idosos e a participação social”, enquanto Maria de Lurdes Quaresma, da Câmara Municipal de Lisboa, desenvolve o tema “Envelhecer com projeto: o direito à autodeterminação”.

Após o período de debate que se segue a todos os painéis, o seminário é retomado às 11h30 com painel “O papel social do idoso”, moderado por Duarte Machado, em representação da Cruz Vermelha Portuguesa.

Stella António, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – Universidade Técnica, aborda “O papel do idoso na família” e Alberto Alves, da Uniseti, desenvolve sobre “Voluntariado sénior”.

O seminário é retomado da parte da tarde, às 14h30, com o painel dedicado ao tema “Formas de abuso”, moderado por Sónia Reis, da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

“Solidão e exclusão social dos idosos” é o título da intervenção de Ana Bordeira, do Centro Comunitário de S. Sebastião, e “Violência e abandono nos mais velhos” o da apresentação de Vanda Simão, do Centro Hospitalar de Setúbal.

O último painel de oradores é dedicado a “Respostas de sucesso”, sendo moderadora Conceição Loureiro, da Câmara Municipal de Setúbal.

Luís Jacob, da RUTIS – Rede de Universidades da Terceira Idade, desenvolve sobre “A universidade sénior enquanto resposta social”, seguindo-se Maria Dolores de Matos, da FIAR – Centro de Artes de Rua de Palmela, que explora o tema “A cultura nos seniores – Grupo de Teatro ‘As Avozinhas’”. Assunção Jácome, da autarquia sadina, termina o último painel com a intervenção intitulada “Idosos em movimento – Desportivamente em (Re)Forma.

A sessão de encerramento está a cargo da presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, e de Brissos Lino, enquanto reitor da Uniseti.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign