22 de Outubro de 2017
11º
max. 20º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
segurança 20 de Dezembro de 2011
Equipamentos protegem Baixa

A instalação de equipamentos de proteção civil, que inclui estruturas com materiais de primeira intervenção e de comunicação de emergência, é uma das ações que a Câmara Municipal está a realizar para aumento da segurança no Centro Histórico.

Esta medida é executada no âmbito do Plano Municipal de Intervenção no Centro Histórico de Setúbal, um investimento global de 608 mil euros, com financiamento comunitário através do POVT – Programa Operacional Temático Valorização do Território, ao abrigo do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional.

A instalação de 32 armários com materiais de primeira intervenção, estruturas em aço inoxidável e com fechaduras anticrime, constitui um projeto pioneiro na Europa na área da proteção e socorro.

Apetrechados com material de primeira intervenção, equipamentos de sinalização e proteção individual para duas pessoas, como fatos completos, luvas e botas, os armários são instalados, até ao final desta semana, em zonas de difícil acesso a veículos, junto de novas bocas de incêndio.

Em caso de ocorrência de situações de emergência, os armários são utilizados por munícipes que integrem as Brigadas de Apoio Local, outra das ações do Plano Municipal de Intervenção no Centro Histórico de Setúbal, já em fase de desenvolvimento.

Atualmente com meia centena de voluntários, residentes e comerciantes na área histórica da cidade, as equipas das Brigadas de Apoio Local começam a receber formação nas áreas do socorro e proteção no início de 2012.

O objetivo é dotar estes cidadãos de conhecimentos que permitam uma primeira intervenção em caso de ocorrência de situações de emergência, até à chegada dos bombeiros.

Além dos armários de primeira intervenção, a Autarquia está a instalar cinco colunas informativas em locais estratégicos da cidade, em concreto nas avenidas Luísa Todi, General Daniel de Sousa e Manuel Maria de Portela e nas imediações do Parque do Bonfim.

Estes equipamentos estão apetrechados com um sistema sonoro de alarme e um avisador LED que, em caso de perigo, transmite informações e instruções para a população emitidas pela central de comunicações instalada no quartel da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal.

O conjunto de novos equipamentos de proteção inclui ainda 21 Colunas SOS – Ponto de Encontro, que possibilitam a comunicação direta entre os cidadãos e a central instalada nos Sapadores. Uma das funcionalidades destina-se a obter informações requeridas. Outra refere-se a comunicações para participação de situações de emergência ou solicitação de auxílio.

Instaladas por todo o Centro Histórico, estas colunas são energeticamente eficientes, aproveitando a energia solar para o funcionamento. A autonomia destes aparelhos chega às 120 horas.

As cinco colunas Informativas e as 21 SOS – Ponto de Encontro entram em fase de teste até fevereiro, altura em que estão, previsivelmente, totalmente operacionais.

A construção de uma plataforma de aterragem para helicópteros junto do Parque da Algodeia e a aquisição de equipamentos, nomeadamente uma viatura de combate a incêndios, dois botes, três tendas insufláveis, vinte aparelhos de comunicação e três megafones, são outras ações já executadas no âmbito do Plano Municipal de Intervenção no Centro Histórico de Setúbal.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign