11 de Dezembro de 2017
10º
max. 16º
min. 7º
notícias
iniciativas em destaque
requalificação 03 de Maio de 2013
Escolas estão mais bonitas

Trinchas, rolos, ancinhos, tintas e areia substituíram no dia 3 as ferramentas de estudo de alunos e professores para continuar o trabalho de embelezamento das escolas do concelho feito nas duas edições anteriores do projeto municipal “Setúbal Mais Bonita”.

Às dez da manhã, na EB1 das Areias, já o André, a Filipa, o Tomás, a Leonor e o João Paulo, alunos do 2.º ano, compõem a pauta musical da canção “O Areias é um Camelo” pintando as notas, do dó ao si, ao longo do muro exterior do recinto escolar.

André, 7 anos, enquanto se esmera na concentração para não borrar a pintura, revela que tem a lição bem estudada, a de contribuir “para pôr Setúbal mais bonita”.

A pintura no muro desta espécie de hino adotado pela escola é um dos apontamentos decorativos que a professora Fátima Viegas salienta como “enriquecedores e educativos”, exemplificando ainda com as bandeiras de várias nações, tantas quantas representam as nacionalidades dos alunos, e as claques de crianças pintadas na parede junto do campo de jogos.

A professora refere também a importância de as crianças conhecerem a história local. Por isso, foram desenhadas numa das entradas da escola quatro figuras setubalenses, Bocage, Luísa Todi, Zeca Afonso e, claro, José Mourinho.

A vertente educativa do projeto “Setúbal Mais Bonita” aposta este ano também na reabilitação de espaços ajardinados e de enriquecimento das hortas, como acontece na EB1 das Areias em que a comunidade partilha pequenos lotes de terreno onde estão plantadas cenouras, nabiças, alho francês, espinafres e até morangos.

“Sabem que legume é este?”, pergunta a professora do 1.º ano aos alunos que, em fila indiana, vão observando a horta. “Espinafre. Se não conhecem é porque só comem sopa passada”, responde, brincando perante o silêncio das crianças.

Também limpo e apetrechado esta manhã foi o jardim da EB1/JI da Azeda, estabelecimento de ensino que beneficia de uma grande área de recreio.

Fernando Delicado, um voluntário habitual em tudo o que tem a ver com intervenções para benefício da escola, pai de uma funcionária, dá indicações aos alunos de como se deve limpar e rebaixar o terreno para, posteriormente, se pintar os canteiros.

A replantação em alguns deles também é feita pelos alunos. O voluntário explica que “a técnica é a mesma do que a do vaso”.

Entusiasmadas estão Carolina, Sofia e Mariana, do 4.º ano. De rolo e trincha nas mãos, pintam o muro que cerca a passagem principal já no interior da escola. Para Carolina, “desde que pinte”, não interessa a cor do muro. “Desde que não tenha inglês”, confessa uma colega.

A professora Fátima Roseira afirma que “é um entusiasmo enorme” a forma como os alunos vivem um dia do “Setúbal Mais Bonita”.

“Os alunos entendem o conceito deste projeto e sabem que a escola deve ser bonita e cuidada”, salienta.

Verde, amarelo, azul e vermelho dão nova cor aos canteiros das EB1 da Fonte do Lavra. Também os jogos tradicionais, como o da macaca, ganha visibilidade com um reforço de tinta no pavimento.

Enquanto uns alunos estão entretidos com tamanha responsabilidade, outros limpam as duas floreiras da entrada principal, substituindo a terra velha por nova, para plantar hortênsias.

Outras ações como estas foram desenvolvidas ao longo do dia em mais de trinta escolas, envolvendo toda a comunidade educativa.

A terceira edição do “Setúbal Mais Bonita”, projeto promovido pela Câmara Municipal, em colaboração com juntas de freguesia, movimento associativo e um conjunto de equipas de voluntários, que contribuem para a melhoria da imagem do concelho, continua nos dias 4 e 5.

A execução das várias propostas de intervenção conta com o apoio da Portucel e da Dyrup.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign