21 de Outubro de 2017
17º
max. 21º
min. 13º
notícias
iniciativas em destaque
música 16 de Setembro de 2014
Eurovisão (en)canta Setúbal

A música do Festival Eurovisão da Canção esteve em festa, nos dias 12 e 13, em dois espetáculos com a participação de duas dezenas de artistas europeus que encheram o Fórum Municipal Luísa Todi.

“Foram dois espetáculos distintos, num figurino diferente do habitual, que despertaram os mais variados sentimentos”, destacou Guilherme Santos, da Deriv@Status, que organizou a festa setubalense em parceria com a Autarquia e a OGAE Portugal.

A passagem dos 50 anos do Festival da Canção organizado pela RTP, assinalado este ano, serviu de pretexto para o primeiro dos dois espetáculos do Eurovision Live Concert – Portugal 2014.

Algumas das músicas que marcaram a participação portuguesa no evento europeu foram revividas em “Portugal – 50 Anos de Canções”, que juntou em palco “grandes nomes da história da música portuguesa”, sublinhou aquele responsável.

Adelaide Ferreira, Manuela Bravo, Armando Gama, Filipa Sousa, Vânia Fernandes, Liana, Suzy e Célia Dawson foram alguns dos artistas que atuaram no palco da principal sala de espetáculos setubalense.

A noite de tributo a grandes nomes da música portuguesa ficou marcada pelas homenagens a Ian Van Dyck, a Henrique e a Nuno Feist, com distinções entregues pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

Na noite de dia 12, destaque ainda para o regresso de EURO, grupo que se juntou mais de uma década depois de ter participado no Festival RTP da Canção, precisamente no Fórum Municipal Luísa Todi.

No primeiro espetáculo do Eurovision Live Concert, evento organizado em Setúbal pelo sexto ano consecutivo, participaram ainda, como convidados especiais, Carla Ribeiro, Henrique Feist, Rui Andrade e Raquel Guerra.

A festa da música continuou no dia 13 com a noite do “Eurovision Live Concert”, evento que juntou cantores de dezena e meia de países europeus que se destacaram na história da Eurovisão, com temas de variados géneros.

Ryan Dolan (Irlanda), Omar Naber (Eslovénia), Jelena Tomažević (Sérvia), Esther Hart (Holanda), Jan Johansen (Suécia), Célia Lawson e Rui Bandeira (Portugal) foram alguns dos nomes que atuaram no Luísa Todi.

Aarzemnieki (Eslovénia) e Narayana (Ucrânia) foram outros artistas que passaram pelo Fórum Municipal Luísa Todi, que encheu nos dois dias.

O grande destaque da noite de dia 13 foi para a convidada especial Anne-Marie David (França/Luxemburgo), artista que venceu a Eurovisão em 1973, que não escondeu a emoção pela homenagem realizada em Setúbal.

Uma demonstração de dança por Luís Ribeiro, o único pole dancer profissional português, abriu o espetáculo de sábado, uma atuação “que surpreendeu o público”, sublinhou Guilherme Santos.

O Eurovision Live Concert, apesar da “mudança radical de espaço [foi realizado pela primeira vez numa sala de espetáculos] mantém a mesma essência com que foi criado”, destaca Guilherme Santos.  

A nova experiência não desapontou a organização. “Correu muito bem, com condições mais condignas para os artistas”, realçou aquele responsável, ao destacar “a grande adesão de público” nos dois dias de festa.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign