20 de Outubro de 2017
18º
max. 21º
min. 17º
notícias
iniciativas em destaque
simulacro 14 de Outubro de 2013
Exercício na escola testa sismo

Um exercício testou esta manhã em todas as escolas públicas de ensino básico de Setúbal os procedimentos de segurança em caso da ocorrência de um sismo, no âmbito do Dia Internacional para a Redução de Catástrofes.

Às 09h30 soou o alarme, simultaneamente, em todos os estabelecimentos de ensino público. A ocorrência de um sismo foi o cenário escolhido para a realização do exercício, que consistiu numa ação de evacuação geral e autónoma que envolveu alunos, docentes e pessoal não docente num teste aos planos de segurança escolar.

“É um exercício importante, no seguimento de outros que são conduzidos regularmente na rede escolar do concelho, que testam e metem à prova os planos de segurança existentes”, sublinhou o vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal de Setúbal, Carlos Rabaçal, a acompanhar o simulacro no Centro Escolar da Brejoeira, em Azeitão.

Ao sinal de perigo, foram acionados os mecanismos de segurança previstos aquando da ocorrência deste tipo de acidentes, com os alunos a serem encaminhados, ordeiramente e por caminhos previamente estabelecidos, para o exterior do recinto escolar.

O simulacro, realizado “com sucesso” naquele equipamento escolar, permite também “detetar eventuais falhas nos procedimentos de segurança e melhorar algumas rotinas”, reforçou Carlos Rabaçal.

Para o futuro, está a ser planeado um exercício em “ambiente de recreio, numa situação mais complexa e num contexto de maior desorganização”, anunciou o autarca.

O exercício, enquadrado nas iniciativas que assinalam o Dia Internacional para a Redução de Catástrofes, foi desenvolvido pela Câmara Municipal de Setúbal, através do Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros, em conjunto com os agrupamentos verticais de escolas.

“Este é mais um exemplo do trabalho consistente e permanente dinamizado pelo Município em matéria de prevenção e proteção, com respostas estruturadas que permitem minimizar eventuais impactes em situações de catástrofe e perigo”, realçou o vereador Carlos Rabaçal.

Reunidas as condições normais de segurança, os alunos voltaram novamente às salas de aula, continuando o ciclo de aprendizagem previsto.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign