15 de Dezembro de 2017
12º
max. 16º
min. 8º
notícias
iniciativas em destaque
floresta 06 de Junho de 2013
Exército abre caminho à prevenção

Um protocolo entre o Município de Setúbal e o Regimento de Engenharia n.º 1 do Exército foi celebrado dia 6 de manhã com o objetivo de limpar e beneficiar um conjunto de caminhos rurais, em particular no Parque Natural da Arrábida.

A formalização da cooperação, com as assinaturas da presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, e do comandante da unidade militar, coronel engenheiro Nisa Pato, decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A minimização de riscos de incêndio florestal é a finalidade deste protocolo, que propõe um conjunto de trabalhos de limpeza, abertura e correção de caminhos e trilhos rurais de acesso a viaturas de socorro, numa extensão de cerca de 27 quilómetros.

Os trabalhos, a realizar pelo Regimento de Engenharia n.º 1, no âmbito do Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, até ao final do primeiro semestre de 2014, incidem no Parque Natural da Arrábida, na zona dos vales dos Picheleiros e do Alambre.

Regularização de pisos em terra batida, revestimento de estradas com tout venant regado e compactado, limpeza e desmatação, bem como execução e reparação de valetas e taludes são ações previstas em 16 locais, que inclui o desmonte de terras no Parque Sant’Iago, nas Manteigadas, e a desmatação de uma área de canavial existente na zona da Estrada de Palmela.

“É com este tipo de trabalhos que treinamos os nossos soldados”, salientou o coronel Nisa Pato sobre a importância desta cooperação.

A celebração desta parceria entre a Câmara Municipal e o Regimento de Engenharia n.º 1, sediado na Pontinha, foi considerada, tanto pela autarca como pelo oficial superior do Exército, como uma relação além do institucional.

“Sendo um munícipe, é com grande alegria que formalizo o protocolo”, revelou o militar azeitonense, salientando a “amizade” que nutre por Maria das Dores Meira.

Retribuindo a simpatia e no seguimento de ações conjuntas anteriores, como a criação da Estrada de Fuga da Mitrena, a autarca frisou que a celebração de mais um protocolo com o Regimento de Engenharia n.º 1 “é comprovativa de que as relações humanas estão acima das institucionais”.

O protocolo, que representa um encargo financeiro para a Autarquia de cinco mil euros, prevê ainda a obrigatoriedade por parte do Exército de constituir um grupo de trabalho destinado a coordenar com a Câmara Municipal o encadeamento das ações e a definição de prioridades.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign