22 de Outubro de 2017
20º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
artes 03 de Fevereiro de 2014
Exposições com pintura e documentos

Três exposições, da documental à pintura contemporânea , foram inauguradas no dia 1, em diferentes equipamentos culturais do concelho.

Obras de 14 artistas, que integram a coleção de arte contemporânea do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, podem ser vistas na exposição “Além do Óbvio”, patente até 29 de março na Galeria Municipal do Onze.

Adão Rodrigues, António Alberto Osório de Castro, Carlos Eirão, Carlos Lança, Cláudia Hora, Laura Cesana, Luís Badosa, Manuel Vilarinho, Matos Cardoso, Moita Macedo, Paulo Rego, Sérgio Costa, Sofia Arez e Tomás Mateus são os artistas com trabalhos expostos.

Esta mostra convida o visitante a refletir sobre cada obra “Além do Óbvio”, ou seja, para lá da mera contemplação artística e estética, tendo em conta a liberdade criativa e a diversidade de propostas estéticas que marcam a arte contemporânea.

A exposição pode ser vista de terça a sexta das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e ao sábado das 14h00 às 18h00.

Com uma temática bem diferente, “A Memória da Grande Guerra (1914-1918): exposição bibliográfica e documental”, que assinala o primeiro centenário do conflito, está patente até 28 de fevereiro nos serviços centrais da Biblioteca Pública Municipal de Setúbal.

A partida dos soldados para a guerra ou o combate do Corpo Expedicionário Português com as tropas alemãs que ilustraram páginas dos jornais da época, bem como as memórias e correspondência publicadas em livros, são alguns dos testemunhos portugueses do primeiro conflito mundial.

Esta mostra, uma parceria da Câmara Municipal de Setúbal com a Associação Cultural Sebastião da Gama de homenagem aos combatentes e preservação da memória da guerra, contada, sobretudo, no cinema e na literatura, foi apresentada por João Reis Ribeiro.

“A Memória da Grande Guerra (1914-1918): exposição bibliográfica e documental” pode ser visitada durante o mês de fevereiro, de segunda a sexta-feira das 09h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 às 19h00.

Em Azeitão, no Museu Sebastião da Gama, a tarde de sábado foi dedicada à Roménia com a inauguração da exposição fotográfica e documental “Na penumbra da Arrábida. O poeta Lucian Blaga e Portugal”.

Além da abertura ao público do espólio – pertencente à Embaixada da Roménia em Portugal – que documenta o período em que o ministro plenipotenciário da Roménia Lucian Blaga permaneceu em Portugal, nos anos de 1938 e 1939, a tarde foi também de poesia.

O poema “Arrábida”, escrito pelo diplomata romeno, foi tema de uma palestra por Laura Dobrescu, da Paróquia Ortodoxa Romena de Setúbal.

O piano acompanhou o recital de “Arrábida” quer na língua romena, por jovens romenos, quer em português, pelo grupo de teatro Metáforas, da Escola Secundária Sebastião da Gama.

A exposição itinerante “Na penumbra da Arrábida. O poeta Lucian Blaga e Portugal” pode ser visitada até dia 22, de terça a sexta-feira das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00 e ao sábado das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign