21 de Outubro de 2017
17º
max. 21º
min. 13º
notícias
iniciativas em destaque
teatro 11 de Agosto de 2014
Festa do Teatro alarga participação

A XVI Festa do Teatro, a realizar em Setúbal entre os dias 22 e 31, abre nesta edição as portas a jovens criadores e a novas estruturas cénicas para usufruírem da logística e promoção do certame.

“Mais Festa”, a novidade em jeito de “secção não oficial”, como apelida o Teatro Estúdio Fontenova, organizador do Festival Internacional de Teatro de Setúbal em parceria da Câmara Municipal, pretende mostrar novas criações e artistas emergentes, mas também possibilitar a interação com os espetáculos de profissionais já com créditos firmados.

O elevado número de solicitações de estruturas e companhias que se queriam apresentar no certame motivou a “abertura do festival a mais gente”, adiantou o diretor artístico da XVI Festa do Teatro, José Maria Dias, dia 8, na apresentação do programa 2014, na Casa da Cultura.

A dinamização da secção “Mais Festa”, com espetáculos em regime de contribuição solidária, ou seja, sem bilheteira fixa obrigatória, inclui a realização de um concurso, no qual o projeto vencedor passa a integrar o programa oficial da edição do próximo ano da Festa do Teatro.

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, enalteceu a “notável persistência e vontade de trazer teatro ao público setubalense”, num certame que oferece à cidade “o melhor das artes de palco” e proporciona “mais cultura” em novos e renovados espaços municipais.

Do teatro à música, passando pelas curtas-metragens, exposições, debates e espetáculos de sala e de rua, além da apresentação de novas formas artísticas e de natureza pluridisciplinar, o festival tem alcançado relevo a nível nacional, em parte pela exigência do público.

Tal como em edições anteriores, são muitos os palcos que o certame percorre, do Fórum Municipal Luísa Todi ao Parque do Bonfim, passando pela Escola Secundária Sebastião da Gama, pelo Auditório José Afonso e pela Casa da Cultura. A programação variada inclui companhias de distintos pontos geográficos.

A sessão de abertura da XVI Festa do Teatro – Festival Internacional de Teatro de Setúbal, com entrada livre, está marcada para o dia 22, às 19h00. A cerimónia, a dinamizar na Pátio do Dimas, na Casa da Cultura, inclui um apontamento musical com Davide Fournier e Filipe Oliveira.

Segue-se “Os Negros e os Deuses do Norte”, da Companhia João Garcia Miguel, para maiores de 16 anos. O concerto performativo, no auditório da Escola Secundária Sebastião da Gama, às 22h00, dá inicio à programação oficial do certame que se se prolonga até ao final do mês.

No dia seguinte, a 23, também às 22h00, a hora de início de todos os espetáculos da secção oficial, o Teatro Estúdio Fontenova estreia a “Trilogia Whitman – Capítulo II – Saudação”. O espetáculo para maiores de 16 anos, agendado para o Fórum Municipal Luísa Todi, tem textos de Fernando Pessoa, Federico García Lorca e Walt Whitman.

A Companhia de Teatro Contemporânea apresenta uma nova versão de “Branca de Neve” a 24, no Teatro de Bolso, enquanto a 25, no auditório da Escola Secundária Sebastião da Gama, a CIA D’Artes, do Brasil, encena “Cafundó Onde o Vento Faz a Curva”, espetáculo que estreou há 25 anos.

No dia 26, Circ Panic, de Espanha, apresenta “La Caranava Pasa”, espetáculo de artes circenses a realizar no Parque do Bonfim. No mesmo local, a 27, o Teatro das Beiras mostra “Farsas per Música”, uma citação contemporânea do teatro barroco inspirada na tradição do teatro musical burlesco.

“Fatma”, um monólogo vigoroso sobre a fragilidade da humanidade, com texto do dramaturgo argelino M'Hamed Benguettaf, é a proposta do Teatro dos Aloés para o dia 28. Já “Bandoleiros Cabaret”, da Jangada Teatro, está em cena a 29, no Auditório da Escola Secundária Sebastião da Gama.

“O decisivo na política não é o pensamento individual, mas sim a arte de pensar a cabeça dos outros (disse Brecht)”, baseado em alguns dos grandes discursos políticos da história, é a proposta para o dia 30 da companhia Mala Voadora, novamente no auditório da Escola Secundária Sebastião da Gama.

O programa oficial da XVI Festa do Teatro termina no dia 31, no Fórum Municipal Luísa Todi, com “Punk Rock”. A peça dos Artistas Unidos, com texto de Simon Stephens, é inspirada no trágico tiroteio ocorrido em 1999 na Columbine High School, no Colorado, Estados Unidos da América.

Um concerto/baile com A Batalha do Modesto Camelo Amarelo, às 23h30, de entrada livre, na zona defronte da Casa da Cultura, encerra a edição deste ano do Festival Internacional de Teatro de Setúbal, num programa dinamizado ao longo de dez dias com cinema, stand up comedy, workshops, literatura e uma exposição.

Os espetáculos da programação oficial do certame, sempre com início às 22h00, têm bilhetes a 7 e a 5 euros, enquanto os da seção “Mais Festa”, com contribuição solidária, da responsabilidade dos artistas intervenientes, realizam-se às 19h00 (a concurso) e às 23h30 (extraconcurso). 

Destaque para o ciclo “Mestres do Cinema ao Ar Livre”, com filmes subordinados à temática da mulher na sétima arte, sempre às 22h00, no Parque Urbano de Albarquel. A iniciativa, de entrada livre, inclui a exibição de “Mickey”, com Mabel Normand, e “Suds”, com Mary Pickford.

Este ano há ainda uma oficina de cinema intergeracional, para jovens e adultos, proporcionada pela CIA D’Artes do Brasil. Dois grupos, no total de trinta elementos, criam um filme, adicionando imaginação e outras histórias, para ser apresentado ainda no decorrer do certame.

A atividade, a dinamizar entre os dias 18 e 22, no Mercado do Livramento, no auditório do Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal, culmina no dia 27, às 19h00, com a apresentação final da “Oficina Prática de Cinema – o Terceiro Olhar”, com entrada gratuita.

“A aposta na cultura é uma aposta no futuro”, vincou a presidente da Autarquia, Maria das Dores Meira. O subsídio financeiro de 19 mil euros à Festa do Teatro é um dos exemplos dos apoios municipais concedidos regularmente para a “criação de condições para que os agentes culturais possam desenvolver as suas atividades”.

A autarca destacou que “Setúbal promoveu, nos últimos anos, um enorme investimento na requalificação de equipamentos culturais”, a par de apoios financeiros e logísticos a um conjunto variado de iniciativas. “São de suprema importância para a construção de uma cidade mais forte.”

O programa completo da XVI Festa do Teatro está disponível em www.teatrofontenova.blogspot.com.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign