22 de Outubro de 2017
16º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
ensaio 28 de Setembro de 2015
Forte testa integridade estrutural

Um teste à integridade estrutural do Forte de Albarquel, em Setúbal, foi realizado no dia 28 com o objetivo de apurar com precisão o estado de conservação da antiga instalação militar, a reativar com valências culturais após obras de reabilitação.

O teste, conduzido por técnicos do ISQ – Instituto de Soldadura e Qualidade e da empresa Synergie, com acompanhamento de uma equipa da Câmara Municipal de Setúbal, consistiu na realização de um ensaio de carga, com vista à validação da integridade estrutural da laje e das paredes do imóvel.

O ensaio, realizado ao longo do dia 28, integra um conjunto de estudos preliminares que acompanham o desenvolvimento do projeto de reabilitação que valoriza a antiga instalação militar localizada junto da Praia de Albarquel, no Parque Natural da Arrábida.

Além do ensaio de carga, cujos resultados são conhecidos em relatório a apresentar em breve, foram já realizados testes geológicos e geotécnicos junto do imóvel, a que se juntam outros, de características semelhantes, a executar num futuro próximo.

Além da recuperação de um imóvel de elevado valor patrimonial, o projeto de reabilitação tem como objetivo devolver o Forte de Albarquel à cidade, colocando-o ao serviço dos munícipes e dos visitantes, a que acresce a beneficiação urbanística dos espaços exteriores envolventes.

O Forte de Albarquel, cedido pelo Estado português por um período de 32 anos, prorrogável, será alvo de um projeto de reabilitação geral, um investimento a impulsionar pela Autarquia, superior a dois milhões de euros, com o apoio da The Helen Hamlyn Trust.

Uma das componentes do projeto, de índole museológica e expositiva, envolve a instalação de um núcleo museológico permanente e temporário, destinado à fruição cultural e histórica dirigida aos cidadãos em geral, mas sobretudo aos alunos dos diversos níveis de ensino.

Uma segunda valência, para atividades culturais, prevê manifestações culturais e artísticas de caráter mais restrito, incluindo concertos de música de câmara, recitais de poesia, apontamentos teatrais, apresentação de obras literárias e mostras de artes plásticas.

A terceira componente pretendida, vocacionada para receção e acolhimento, visa capitalizar o enquadramento natural do Forte de Albarquel, utilizando o edifício como sala de visitas de Setúbal, para receber individualidades como corpos diplomáticos, delegações estrangeiras, investidores e empresas.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign