21 de Outubro de 2017
15º
max. 21º
min. 13º
notícias
iniciativas em destaque
setubalenses 15 de Setembro de 2012
Homenagens em Dia da Cidade

O ator Fernando Luís e o músico Manuel Freire foram duas presenças na sessão solene evocativa do Dia de Bocage e da Cidade, dia 15 de manhã, marcada pela entrega de medalhas honoríficas e pela homenagem aos funcionários municipais aposentados.

Num discurso emotivo, durante a cerimónia que se realizou no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, deixou um apelo aos setubalenses e azeitonenses para “que se transformem em divulgadores da terra amam”.

Tarefa que passa pela exaltação de valores naturais, como a Serra da Arrábida e o Estuário do Sado, culturais e económicos, onde estão localizadas “algumas das mais importantes empresas do país e que mais contribuem para a riqueza nacional”.

“Esta é uma terra de gente trabalhadora, que gera riqueza”, afirmou, lembrando a todos os presentes os poetas, pintores, cantores, escritores e desportistas que Setúbal “deu ao mundo”.

O esforço do Município na estratégia de criação e recuperação de equipamentos culturais tem cada vez mais resultados visíveis, como a reabertura, no dia da cidade, do Fórum Municipal Luísa Todi, um “momento particularmente importante para a cultura setubalense”.

Maria das Dores Meira aproveitou a sessão solene para anunciar a inauguração da Casa da Cultura no próximo 5 de Outubro, além da abertura, para breve, de uma nova galeria de artes no antigo Quartel do 11, adquirido pela Câmara e cedido ao Instituto do Turismo para dar lugar à Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal.

A abertura do concurso público urgente para o arranque parcial das obras de recuperação do Convento de Jesus, na ordem dos três milhões e 600 mil euros, outra intervenção há muito esperada pelos setubalenses, é sinal do empenho da Autarquia em manter vivos os valores patrimoniais, neste caso arquitetónico.

Em tempos particularmente difíceis em que se vive a maior crise dos últimos 30 anos, a presidente do Município não deixou de frisar o “ataque brutal” às autarquias, quer através de uma nova lei eleitoral autárquica quer através da lei dos compromissos.

“Não podemos, não devemos ficar indiferentes ao que acaba de nos acontecer”, disse, referindo-se às recentes medidas anunciadas pelo primeiro-ministro referentes ao aumento da contribuição dos trabalhadores para a segurança social: “temos o dever cívico de protestar, de exigir outra política, outro caminho”.

A começar uma nova fase das respetivas vidas estão os 45 funcionários municipais aposentados, entre setembro de 2011 agosto deste ano, que foram homenageados pela Autarquia.  A todos eles, maria das Dores Meira agradeceu “pela dedicação à causa comum” que é Setúbal.

Homenageados, mas com a Medalha de Honra da Cidade, foram associações, escolas e individualidades nestas Comemorações Bocagianas 2012.

O ator Fernando Luís, o primeiro a ser agraciado com a medalha honorífica, na classe Cultura, manifestou o orgulho em ser setubalense, lembrando que tudo o que aprendeu foi aqui, desde a Academia Luísa Todi ao Teatro Animação de Setúbal.

Na mesma classe, o professor e artista plástico António Galrinho condecorado com a Medalha de Honra da Cidade, apelou à prática do “voluntariado cultural”, dando um pouco do que sabe aos outros.

Já o professor e investigador João Reis Ribeiro, impulsionador da Associação Sebastião da Gama, confessou esperar continuar a fazer aquilo que sabe e gosta, partilhando.

A título póstumo, foram ainda agraciados o músico Ariovisto José Valério e o padre diocesano Manuel Frango de Sousa.

Na classe “Desporto”, a lista de homenageados contemplou o árbitro de futebol João Ferreira e o professor e treinador de natação Pedro Vale.

Em “Ciência e Tecnologia” as distinções foram atribuídas aos agrupamentos verticais de escolas Luísa Todi e Ordem de Sant’Iago, à Fundação Escola Profissional de Setúbal e ao Instituto Politécnico de Setúbal.

Os agrupamentos verticais de escolas Luísa Todi e Ordem de Sant’Iago, representados pelos respetivos presidentes, agradecerem tanto à comunidade educativa como à Câmara Municipal pelos investimentos feitos na área da educação, nomeadamente nas infraestrutas.

Na classe “Comércio”, o empresário João Maria da Silva Lopes, conhecido localmente por “João Belezas”, foi homenageado, postumamente, com a Medalha de Honra da Cidade

Em “Associativismo e Sindicalismo” as distinções foram atribuídas à Associação de Paraquedistas de Setúbal, à Associação José Afonso e ao Centro Jovem Tabor, uma instituição particular de solidariedade social com 25 anos de serviço à comunidade.

Ao receber a medalha, o presidente da Associação de Paraquedistas de Setúbal quis “incluir na distinção a gente da Bela Vista”, onde está localizada a sede há 25 anos. “Deixaram há muito de ser visita e passaram a fazer parte da família”.

Cravos vermelhos, o entoar de “Grândola, Vila Morena” e a presença de Manuel Freire, autor da música “Pedra Filosofal”, tornaram a condecoração da Associação José Afonso (AJA) um dos momentos mais assinaláveis da cerimónia.

Manuel Freire, naquele que foi o seu primeiro ato público em representação da AJA, disse esperar que se continue a fazer “um esforço para manter viva a chama que Zeca acendeu”.

Por fim, Duarte Caldeira foi condecorado com a medalha honorífica pelas missões que tem desempenhado no âmbito da proteção civil.

A sessão solene evocativa do Dia de Bocage e da Cidade contou também com a assinatura do protocolo de cooperação entre os municípios de Setúbal e de Aksakovo, na Bulgária.

Na comitiva búlgara que assistiu às cerimónias do 15 de setembro esteve presente o presidente da Câmara Municipal de Aksakovo, que também acumula a presidência da Associação de Municípios do Mar Negro Búlgaro.

A finalizar a sessão solene, no Salão Nobre, atores do Teatro Animação de Setúbal recitaram alguns poemas de Bocage. Lá fora, junto das arcadas do edifício da Câmara Municipal, atuaram as tunas “Tunatal”, do agrupamento de escolas Luísa Todi, e “TunavesT”, do agrupamento Ordem de Sant’Iago.

A concluir o programa da parte da manhã, seguiu-se uma visita à Casa da Cultura, obra que está na fase final e que será inaugurada a 5 de Outubro.

As comemorações deste ano, marcadas pela reabertura do Fórum Municipal, às 21h30, prosseguem numa tarde dedicada à música com o concerto pela Banda da Capricho Setubalense, no coreto da Avenida Luísa Todi, e a segunda edição do “EcoBeats”, no Parque Urbano de Albarquel, ambos às 16h00.

O final da tarde, às 18h00, está reservado à cerimónia de entrega de prémios do XIII Concurso Literário Manuel Maria Barbosa du Bocage. Esta iniciativa da LASA – Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão, com o apoio da Autarquia, tem lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

À noite, a cerimónia de reabertura do Fórum Municipal Luísa Todi conta com o recital pela soprano Elisabete Matos, acompanhada ao piano por Nuno Vieira de Almeida.

O espetáculo com a cantora lírica é antecedido pelas participações do Teatro do Elefante e da Jazz Class Dámsom.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign