22 de Outubro de 2017
13º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
sensibilização 13 de Maio de 2016
Igualdade marcha contra a violência

Cerca de trezentos alunos caminharam em marcha lenta na manhã de dia 13, num trajeto pelo centro da cidade de Setúbal, pela igualdade de género e contra a violência no namoro.

“Com igualdade, temos mais liberdade”, “Esta juventude tem muita atitude”, “Com a violência andamos para trás” e “Com a igualdade seguimos em frente”. Este foi o sentimento que os jovens do concelho partilharam em voz alta na “Caminhada Interescolar”.

A iniciativa, resultante de uma parceria da SEIES – Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social com escolas do concelho e apoio da Câmara Municipal de Setúbal, sensibilizou para o respeito entre sexos.

A marcha, do programa municipal Março Mulher 2016, realizada entre o Largo José Afonso e a Praça de Bocage, juntou alunos com idades entre os 12 e os 17 anos da EB Barbosa du Bocage, das escolas secundárias Sebastião da Gama, D. Manuel Martins e D. João II e da EB+S Lima de Freitas.

Em ambiente de manifestação, os participantes divulgaram, em t-shirts e cartazes, slogans contra a violência de género. “Basta!”, “Não levantes a mão para bater”, “A violência é sempre uma derrota”, “Basta de violência, só traz decadência”, “Sem violência ‘tá-se’ bem”, “Ciúme não é amor” e “Lá em casa só o coração bate” foram algumas das frases que os munícipes puderam ler.

Ao chegarem ao Largo da Misericórdia, sentaram-se no chão, com cara triste, como resposta à questão “como é o nosso mundo com violência?”, lançada por um dos estudantes. De repente, perante nova pergunta, “como é o nosso mundo sem violência?”, todos se levantaram para gritarem, com os braços no ar, “assim!”.

Na Praça de Bocage, local de chegada da caminhada, o vereador com o pelouro da Juventude, Pedro Pina, transmitiu que a autarquia está “consciente de que cada aluno é protagonista destas ações de sensibilização contra a violência e de defesa da igualdade”, enaltecendo o trabalho articulado e integrado da comunidade escolar e outras entidades no combate às diversas desigualdades e injustiças.

“A Câmara Municipal de Setúbal agradece e reconhece o valor do trabalho que cada escola tem desenvolvido em prol da prevenção e luta destas temáticas”, afirmou o autarca.

“A Caminhada Interescolar” terminou com uma dança, dinamizada por Ana Cruz, do ProAventuras, contra a violência sobre as mulheres, inspirada no One Billion Rising, ao som de “Break the Chains”, o hino deste movimento internacional.

“Mil milhões de mulheres violadas é uma atrocidade. Mil milhões de mulheres a dançar é uma revolução”, compara a campanha One Billion Rising, que conta com a participação de entidades e cidadãos a título individual de mais de duzentos países.

A “Caminhada Interescolar” decorreu na sequência da campanha “Jovens de Setúbal dizem NÃO à violência no namoro”, da SEIES, lançada em 2016. O desafio foi, em todas as escolas secundárias do concelho e respetivas associações de estudantes, constituir grupos de jovens interessados em ser facilitadores de processos de educação para a igualdade e os direitos humanos.

Em março, os participantes receberam uma formação de base específica e, no mês seguinte, desenvolveram-se as primeiras ações de sensibilização dinamizadas por este grupo, constituído por cinquenta jovens, subordinadas aos temas da “Igualdade entre mulheres e homens” e “Violência no namoro”.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign