21 de Outubro de 2017
16º
max. 21º
min. 13º
notícias
iniciativas em destaque
história 07 de Outubro de 2013
Início político de Álvaro Cunhal

Os primeiros anos da atividade teórica e política de Álvaro Cunhal no Partido Comunista Português foram abordados num colóquio realizado no dia 6, à tarde, na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal.

O primeiro encontro do ciclo “Álvaro Cunhal e a política”, a decorrer no âmbito das comemorações locais dos 100 anos do homenageado, contou com as participações de André Martins, vice-presidente da Autarquia, José Capucho, membro do secretariado e do executivo da Direção Regional de Setúbal do PCP, e Manuel Augusto Araújo, assessor para a cultura na Câmara Municipal de Setúbal.

A militância no PCP, iniciada aos 17 anos, bem como a atividade teórica e política desenvolvida pelo líder histórico comunista até ao período de encarceramento foram alguns dos tópicos abordados na sessão, com a primeira parte centrada na temática “O jovem Cunhal, a reorganização do Partido Comunista Português (1940-1949)”.

O percurso e evolução no Partido Comunista Português, incluindo a entrada para o Comité Central, e alguns episódios históricos, como a viagem a Espanha durante o regime franquista para auxiliar camaradas detidos, foram outros tópicos tratados no primeiro encontro do ciclo “Álvaro Cunhal e a política”.

A transformação do PCP num partido ligado às massas, a publicação regular do “Avante!” e de outra imprensa clandestina à época, assim como a criação de movimentos antifascistas foram também debatidos na primeira parte do colóquio, que continuou com novas intervenções.

Em alocuções sobre a temática “Álvaro Cunhal e a luta política em Portugal no contexto da Guerra Fria (1950-1960)”, foram descritas, entre outras, as lutas no terreno eleitoral fascista, com relevo para a companha do general Humberto Delgado nas eleições presidenciais de 1958.

O encontro terminou com uma intervenção do vice-presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, que destacou a importância destes encontros para a divulgação da vida e obra de Álvaro Cunhal, líder histórico comunista que dá nome, a partir de novembro, a uma nova avenida na cidade.

O ciclo de colóquios, com encontros agendados sempre para as 16h00, na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal, continua no dia 13, com o tema “Álvaro Cunhal, o programa do Partido aprovado no VI Congresso. O 25 de Abril”, e finaliza a 20, com “Álvaro Cunhal, o Partido Comunista Português no pós-25 de Abril”.

As conferências são baseadas em textos das “Obras Escolhidas de Álvaro Cunhal” e dinamizadas por membros designados pela Comissão para as Comemorações do Centenário de Álvaro Cunhal.

O ciclo de colóquios é uma das muitas iniciativas de um programa promovido em Setúbal pela Comissão das Comemorações do Centenário de Álvaro Cunhal e Câmara Municipal, que inclui, até ao final do ano, diversas atividades na Casa da Cultura e na Biblioteca Pública Municipal.

Já no dia 10, no âmbito do ciclo “Álvaro Cunhal e o Cinema”, é exibida às 21h30, na Casa da Cultura, a primeira parte do filme “Até Amanhã, Camaradas”, película baseada na obra homónima de Manuel Tiago, pseudónimo literário de Álvaro Cunhal.

As sessões de cinema continuam nas restantes quintas-feiras de outubro, nos dias 17, 24 e 31, com a exibição das partes restantes do filme de Joaquim Leitão, sempre à mesma hora e no mesmo local, com um debate na última conduzido por Manuel Rodrigues, da Comissão das Comemorações do Centenário de Álvaro Cunhal.

O ciclo “Álvaro Cunhal e o Cinema” começou no dia 3 com o visionamento de “Cinco Dias, Cinco Noites”, de José Fonseca e Costa.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign