22 de Setembro de 2017
18º
max. 25º
min. 13º
notícias
iniciativas em destaque
televisão 12 de Julho de 2017
Inspetor Max continua em Setúbal

O sucesso do novo “Inspetor Max”, série de televisão com enredo centrado em Setúbal, motiva a realização de mais uma temporada, com a autarquia a renovar, a 12 de julho, com a produtora Coral Europa, um protocolo para gravações na cidade.

“Setúbal é cada vez mais a terra do Max, pai e filho, a cidade na qual estes bravos amigos ajudam os bons e perseguem os maus”, salientou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, na assinatura de renovação do protocolo realizada no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

A Câmara Municipal de Setúbal celebrou em novembro de 2016 um protocolo com a produtora Coral Europa para a concessão de apoios logísticos e isenção de taxas para as gravações, em Setúbal, da série da TVI “Inspetor Max”, que agora continua numa nova temporada com 26 episódios.

A série “Inspetor Max”, um “verdadeiro sucesso de audiências”, classificou a autarca, tem como principais ingredientes de êxito “o excelente elenco”, que conta com um filho da terra, o ator Fernando Luís, que elogiou, assim como a “prestigiada equipa de produção que constrói a trama canina”.

Contudo, afirmou Maria das Dores Meira, o sucesso da série deve-se também “à cidade e a tudo o que tem para oferecer”, do rio à serra, das praias às zonas urbanas extraordinárias com gente acolhedora. “Temos excelentes vantagens para a produção de ficção televisiva e cinematográfica.”

O documento assinado entre a autarquia e a produtora de televisão confere a isenção de todas as taxas e demais permissões necessárias às operações de gravação de exteriores em espaços públicos e equipamentos municipais nas áreas do concelho onde a Câmara Municipal tem jurisdição.

Estima-se que as gravações da nova temporada de “Inspetor Max” tenham a duração de 52 dias, o que, à taxa diária de 718,80 euros, de acordo com o estipulado na Tabela de Taxas e Outras Licenças Municipais em vigor, se traduz numa isenção de taxas de 37.377,60 euros.

“Temos, desde 2014, vindo a conceder um conjunto de apoios e incentivos à produção de ficção televisiva na cidade, que, só em isenções de taxas, totalizam já cerca de 142 mil euros”, frisou Maria das Dores Meira, que somou ainda o conjunto de apoios logísticos também concedidos pela autarquia.

E o retorno está à vista. “Ganhamos visibilidade e notoriedade ímpares que, dificilmente, poderemos medir financeiramente”, assinalou. “Será muito mais difícil medir o impacte desta presença mediática na atração à cidade e ao concelho de mais visitantes, de mais negócio e de mais investimento.”

No âmbito do protocolo, a autarquia disponibiliza-se a acompanhar as gravações da série, de forma a garantir o respeito e a observância dos termos dispostos, bem como a fazer as devidas diligências junto das entidades públicas com jurisdição territorial nas zonas ribeirinhas, de forma a facilitar a realização de gravações nestes locais.

A Câmara assegura ainda a agilização dos procedimentos para a utilização de locais de gravação públicos e edifícios particulares, ao nível de fachadas e interiores de prédios, hotéis, clubes e associações desportivas, bares, restaurantes e discotecas, desde que previamente autorizados pelos respetivos proprietários.

Já a produtora Coral Europa compromete-se, sempre que possível, a contratar localmente a figuração para as gravações de exteriores, a incluir na série elementos que visem a promoção turística do concelho de Setúbal e a respeitar o compromisso de a maior parte da realização do enredo da história incidir na região de Setúbal.

“É um prazer enorme estar em Setúbal. Todos, sem exceção, me falam bem da cidade. Atores, staff, equipa técnica sentem que as pessoas de Setúbal gostam de os ter cá e isso é fundamental para o sucesso da série”, afirmou o presidente do Conselho de Administração da Coral Europa, José Silva Pedro.

O responsável da produtora de televisão elogiou a aposta da TVI em passar o “Inspetor Max” em horário nobre. “Para quem faz televisão, domingo, ‘prime time’, é o mais importante. Este é um sucesso que é feito de todos, de pessoas. As máquinas compram-se, as pessoas são a essência.”

A série “Inspetor Max” estreou na TVI em 2004 e tem-se mantido no ecrã desde então, com episódios repetidos nas manhãs de fim de semana. O sucesso obtido junto do público levou à gravação de uma nova temporada, que estreou no início de março deste ano e cujos episódios são emitidos na TVI generalista e na TVI Ficção.

O elenco conta, nos principais papéis, com os atores Fernando Luís, o inspetor Jorge Mendes e coordenador do Departamento de Investigação Criminal, Rui Santos, o inspetor Sérgio Calado, agora como inspetor-chefe, e o “novato” José Carlos Pereira, que interpreta o inspetor Jaime.

Há ainda atores como Ruy de Carvalho, Isaac Alfaiate, Madalena Brandão, Rita Salema, Patrícia Tavares, entre outros. Já o pastor-alemão mais famoso da televisão, agora Max Júnior, filho do Max das temporadas anteriores, está a cargo do cão “Giga” e da cadela “Brownie”, que se revezam nas filmagens.

Além da assinatura da renovação do protocolo, o Salão Nobre dos Paços do Concelho foi cenário para a gravação de mais uma cena de “Inspetor Max”, desta vez com o protagonismo a ir além dos atores do elenco e com holofotes apontados para a presidente da autarquia, Maria das Dores Meira.

A autarca foi protagonista de uma cena, com a participação de elementos da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal e do Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal, em que condecora vários operacionais e o “Inspetor Max” por serviços de bravura e na manutenção da Lei e da Ordem.

As condecorações atribuídas pela presidente da autarquia sadina, “pelo ato de bravura e perante o perigo, pelos serviços demonstrados”, dizem respeito a um episódio em que os intervenientes concluem com sucesso uma delicada operação.

Já o ator Fernando Luís, na pele do inspetor Jorge Mendes e coordenador do Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária, elogia, na cena, o fiel companheiro. “Cumprir a Lei é um desafio diário e desta vez íamos perdendo o Max, um grande inspetor e família.” Mas tudo acabou bem.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign