28 de Junho de 2017
20º
max. 25º
min. 16º
notícias
iniciativas em destaque
festival 19 de Junho de 2017
Liberdade ouve-se em Setúbal

A música centrou atenções no Festival Liberdade 2017, com dezenas de milhares de pessoas a passarem entre os dias 16 e 17 pelo Parque Urbano de Albarquel para assistir a concertos e participar em atividades culturais e desportivas.

A festa, o convívio e a boa disposição foram uma constante ao longo do evento realizado pela primeira vez na cidade sadina, com o Parque Urbano de Albarquel, espaço privilegiado de lazer instalado à beira-Sado e com a Arrábida a espreitar, a ser paragem obrigatória para dois dias de muita animação.

As altas temperaturas deram ainda mais calor ao Festival Liberdade 2017, organizado pela Associação de Municípios da Região de Setúbal, com apoio dos municípios integrantes, que teve na música o principal ingrediente de uma receita de sucesso do ambiente festivaleiro.

Concertos com Amor Electro, Xutos & Pontapés, Diogo Piçarra, Capicua, Bezegol e Supernova centraram atenções dos festivaleiros, no palco Liberdade, instalado à entrada do Parque Urbano de Albarquel, na zona na qual habitualmente funciona um campo para jogos de praia.

Além dos concertos principais, o Festival Liberdade 2017 ofereceu um vasto leque de sonoridades durante os dois dias, nomeadamente no Palco Paz, dedicado à promoção de novos valores da música nacional e no qual atuaram, entre outros, os Melquiades, banda vencedora do Concurso de Música de Setúbal 2017.

Sempre das primeiras horas da tarde ao início da noite, a música esteve ainda no Palco Igualdade, que se assumiu como um espaço de sonoridades mais alternativos, com músicos a solo, em banda ou em formato DJ, com rap, hip-hop e trip-hop, drum’n’bass, dance hall e eletrónica, assim como ritmos latinos e africanos.

O Festival Liberdade não foi feito apenas de música, com o evento a apresentar outras formas de manifestações culturais, como a dança, o teatro e o cinema, artes partilhadas na Tenda Juventude e na Sala Teatro e Cinema, que fomentam uma maior proximidade com o público, com projetos emergentes e intimistas.

O desporto também assumiu lugar de destaque no certame, num espaço dedicado, com várias demonstrações desportivas, incluindo râguebi, street basket, ioga, zumba, pilates e capoeira, atividades radicais como escalada, slackline e skate e ainda desporto adaptado com boccia e basquetebol em cadeira de rodas.

O festival integrou a iniciativa Arte em Liberdade, uma mostra patente nas proximidades da Tenda Juventude e da Sala Teatro e Cinema, com dezenas de trabalhos de artistas da região de Setúbal nas vertentes de fotografia, desenho, pintura, gravura, ilustração, banda desenhada e escultura.

O evento acolheu ainda, no dia 17, igualmente na Sala Teatro e Cinema, o Encontro do Movimento Associativo Juvenil, com conversas subordinadas aos 70 anos do Dia Nacional de Juventude, assinalado a 28 de março, e aos 55 do Dia Internacional do Estudante, celebrado a 24 de março.

Participaram na iniciativa o vereador com o pelouro da Juventude na Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, a dirigente associativa da Associação do Projeto Ruído Ana Inácio, o dirigente da CGTP Rogério Silva e o músico e dirigente associativo na década de 80 Jorge Patrício.

A animação de rua também foi uma constante durante os dois dias do evento, com música, teatro e artes circenses itinerantes a ser proporcionada por diversos conjuntos de percussão, tunas académicas e grupos de cantares alentejanos, assim como por diversas associações cénicas.

Além de tasquinhas de comes e bebes, o Festival Liberdade 2017 apresentou uma mostra associativa com mais de três dezenas de stands dedicados à juventude, com projetos de Alcácer do Sal, Almada, Alcochete, Barreiro, Palmela, Moita, Montijo, Santiago do Cacém, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

Rui Unas, que dinamiza o programa “Maluco Beleza”, marcou presença no Festival Liberdade 2017 para uma emissão especial, em direto, na qual apresentou os espetáculos principais e conduziu entrevistas, entre as quais à presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira.

O Festival Liberdade, realizado anualmente num dos municípios da região de Setúbal, funciona como espaço de encontro do movimento associativo juvenil e tem como objetivo promover espaços de discussão, participação e interação do movimento juvenil.

O evento cultural é um projeto assumido pela Associação de Municípios da Região de Setúbal, com o contributo dos 11 municípios integrantes, Alcácer do Sal, Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Santiago do Cacém, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

outros sites

anterior

anterior

Informação Municipal
Setúbal pode ficar mais perto de si por correio, telemóvel ou por e-mail.
imagem da semana

vídeo da semana
associativismo
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign