18 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 1º
notícias
iniciativas em destaque
música 06 de Março de 2017
Lions Like Zebra e Melquiades na final

Os Lions Like Zebra venceram a primeira eliminatória do 13.º Concurso de Música de Setúbal, realizada no dia 4, na Capricho Setubalense, o que lhes garante um lugar na final do evento.

A primeira eliminatória deu também a conhecer outro finalista, os Melquiades, que conquistaram o título de melhor banda do concelho ao posicionarem-se em segundo lugar, à frente da outra banda sadina a concurso, os Mau Olhado.

Os Lions Like Zebra, formação originária de Vila Franca de Xira formada por João Pedroso, voz e guitarra, Ricardo Catarino, bateria e voz, Ricardo Silva, baixo, e Ricardo Gelinho, guitarra, convenceram o júri com uma prestação que valeu passaporte direto para a noite de todas as decisões deste evento integrado no m@rço.28, programa que assinala em Setúbal o Mês da Juventude.

Para João Pedroso, “é muito gratificante conquistar o primeiro lugar num evento desta natureza”, além de ser mais uma oportunidade para dar a conhecer o trabalho da banda que nasceu em 2009.

“Estamos muito contentes. É sempre bom para qualquer projeto participar nestes concursos e conquistar vitórias. Na final queremos dar o nosso melhor, mas participar e desfrutar do momento é o mais importante”, realça o vocalista dos Lions Like Zebra.

Os setubalenses Melquiades são a outra banda já com passaporte garantido para a final do 13.º Concurso de Música de Setúbal, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal em parceria com a Sociedade Musical Capricho Setubalense.

A atuação na noite de dia 4 foi a estreia nos palcos da formação sadina existente há menos de um ano, pelo que, ser considerada a melhor banda do concelho e garantir a presença na edição deste ano da Feira de Sant’Iago, “não podia ser mais perfeito”, sublinha Diogo Sousa, baterista dos Melquiades, que integram ainda Luís Lucena, no baixo, António Agostinho, guitarra, e João Nascimento, teclados.

Para Diogo Sousa, que já integrou outros projetos musicais, como os Moullinex, esta é uma oportunidade para divulgar o trabalho da banda, que aposta sobretudo no instrumental, além de que atuar na Capricho “é sempre divertido”.

O terceiro finalista do 13.º Concurso de Música de Setúbal será escolhido na segunda eliminatória, a ter lugar no dia 11, às 21h30, na Capricho Setubalense, entre os Mundo Escuro, do Pinhal Novo, Palmela, Fear The Lord, do Seixal, e Java Delta, de Lisboa.

A banda que ficar classificada em primeiro lugar conquista presença na final a realizar no dia 18, à mesma hora e no mesmo local.

A seguir à atuação das formações concorrentes, há sempre after hours no salão nobre da coletividade.

Aos melhores conjuntos musicais são atribuídos prémios monetários, correspondendo ao primeiro o valor de mil euros. O segundo e o terceiro lugares recebem a 700 e 500 euros, respetivamente. Os três conquistam ainda o direito a atuar na Feira de Sant’Iago.

O Concurso de Música de Setúbal visa tornar pública a produção musical das bandas nacionais amadoras, com especial destaque para os grupos locais, e estimular a criação artística dos jovens.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign