21 de Junho de 2018
21º
max. 28º
min. 16º
notícias
iniciativas em destaque
cidadania 28 de Fevereiro de 2018
Março olha-se no feminino

“25 Edições, Caminhos para o Futuro” é o tema do Março Mulher 2018, programa com exposições, teatro, cinema, palestras, encontros literários e workshops, a realizar ao longo do mês em vários espaços e equipamentos de Setúbal.

O programa, organizado pela SEIES – Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal e a colaboração de diversas instituições, empresas e voluntários, assinala, a 8 de março, o Dia Internacional da Mulher, mas tem eventos gratuitos e pagos entre março e maio.

O dia 8 conta com um conjunto variado de atividades, como “Conversas e Outras Cenas sobre (Des)Igualdade”, que se realizam das 07h00 às 10h00 e das 16h00 às 19h00 nas estações de comboios, na Praça do Brasil, e rodoviária, localizada na Avenida 5 de Outubro.

Ao longo de todo o dia 8, em vários locais do Bairro do Troino, é dinamizada a campanha de sensibilização “A Igualdade entre Mulheres e Homens Mora Aqui?”, com ações de rua e distribuição informativa nas caixas de correio com dados sobre a (des)igualdade em Portugal.

Ainda neste dia, “Ser Mulher… Antigamente, Hoje e Caminhos para o Futuro” dá tema a uma conversa, das 10h00 às 12h00, no Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas, local que exibe, às 15h00, o filme “Mulheres Divinas”, de Petra Volpe, seguido de debate.

Igualmente a 8, pelas 18h00, na Galeria Municipal do 11, é inaugurada a exposição “5 Mulheres Artistas”, com trabalhos de Ana Curto, Ana Isa Férias, Cristina Troufa, Rita Melo e Teresa Melo. A mostra, patente até 28 de abril, pode ser vista de terça a sexta-feira das 11h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos sábados das 14h00 às 18h00.

O Dia Internacional da Mulher inclui ainda, às 21h00, na Sala José Afonso da Casa da Cultura, a conferência “A Voz Poética Feminina: de sujeito de enunciação a agente discursiva”, por Ana Margarida Chora.

A noite de dia 8 reserva ainda, às 21h30, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, a conferência “As Sociedades Contemporâneas e as Questões das Mulheres – Silêncios e Realidades”, com as participações das oradoras Regina Marques e Sandra Benfica.

As atividades do programa Março Mulher 2018 começam logo no início do mês, com a exposição “Página de Papel de Vento”, da pintora russa Olga Bagina, a inaugurar no dia 3, às 16h00. A mostra, patente de 2 a 24 de março, pode ser vista de segunda a sexta-feira das 09h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 às 19h00.

Já “A Mulher Conserveira”, pequena dramatização pelo Projeto Sénior Tradições da Junta de Freguesia de São Sebastião, sobre histórias e vivências do trabalho em fábricas conserveiras de Setúbal, está em cena no dia 3, a partir das 15h00, na Sala José Afonso da Casa da Cultura.

Mais tarde, a 7, às 15h00, na Biblioteca Pública Municipal, há “Mulheres de e em Setúbal – Partilha de Experiências”, com testemunhos de individualidades que se destacaram nas suas áreas de intervenção, caso da oradora Maria da Luz Santos. A sessão repete no dia 21, desta feita com a participação de Joaquina Soares.

Seguem-se, a 9, às 21h30, no Espaço 50 Cuts, a exibição do filme “Caramel”, de Nadine Labaki, com entradas a dois euros para o público em geral e um euro para associados, e a 10, às 15h00, na Sala José Afonso da Casa da Cultura, a iniciativa “Mulheres da Clandestinidade”, com conversa e apresentação do livro homónimo de Vanessa de Almeida, por Alice Brito.

“Fios que Tecem Rendas do Mar” dá título à mostra que é inaugurada no dia 9, às 18h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, com fotografias e rendas de bilros da mestra Fernanda Silva. A exposição, patente até dia 29 de abril, pode ser vista de terça a sexta-feira das 09h30 às 18h00 e aos sábados e domingos das 14h00 às 18h00.

O dia 10 conta ainda com mais dois eventos. Às 16h00, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, realiza-se a conferência “Ana de Castro Osório, Escritora, Tradutora e Editora”, por Fátima Medeiros, enquanto às 21h00, na Casa da Cultura, há poesia com “Mulheres Cantadas por Zeca Afonso”.

Três dias depois, a 13, pelas 14h30, junto da estátua de Mariana Torres, no Bairro da Fonte Nova, “(H)à Conversa no Largo Sobre Mariana Torres”, que inclui a divulgação do projeto “Mulheres com estória na Anunciada”. À mesma hora, no Grupo Desportivo Independente, decorrem atividades direcionadas para a população sénior.

No dia 14, às 15h00, na Biblioteca Pública Municipal de Setúbal, um encontro com a escritora Cristina Norton.

No dia 16, no Centro de Cidadania Ativa, realizam-se as oficinas “Março Mulher Fora do Armário” por Joana Peres, com as atividades “Pergunto ou Não Pergunto?”, das 15h00 às 17h30, “Um Chá e Muitas Dúvidas”, entre as 18h30 e as 20h00, e “Farto/a de Armário!”, das 21h00 às 22h30.

No dia seguinte, às 16h00, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, realiza-se a conferência e lançamento do livro de Cristina Duarte “Moda e Feminismos em Portugal, o Género como Espartilho”. Mais tarde, às 21h30, na Sala José Afonso da Casa da Cultura, há o concerto “Perséfone Irada, Jasmim Entornada”, do projeto La Negra, com Sara Ribeiro e Alexandre Bernardo.

As atividades do Março Mulher 2018 continuam no dia 18, às 16h00, na Sala José Afonso da Casa da Cultura, com a apresentação do filme “Perdida Mente”, de Margarida Gil. A sessão cinematográfica, do ciclo Mulheres Realizadoras, inclui uma conversa sobre a doença de alzheimer pela médica psiquiatra Anita Vilar.

No dia 20, às 17h00, a partir do Centro de Cidadania Ativa, um passeio pedestre urbano celebra o Dia Internacional da Felicidade, com inscrições pelo telefone 265 547 450. Já no dia 23, no mesmo local, às 14h30, realiza-se a primeira reunião do grupo de trabalho “Igualdade de Género em Setúbal”.

“Mulheres nas Novas Profissões, que outrora eram desempenhadas por homens” dá tema a uma tarde intercultural, dia 24, às 15h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, com testemunhos de mulheres integradas em novas profissões. A iniciativa inclui um momento de poesia por Cecília Gomes.

No mesmo dia, às 16h00, no Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, é inaugurada a exposição “Género e Outras Barreiras”, com obras de Carlos No, Maria Bourbou, Rita Barros e Rosa Nunes, e poesia de Sara Loureiro. A mostra, patente até setembro, pode ser vista de terça a sábado das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

O Março Mulher 2018 também vai à escola, entre março e abril, com a EB+S Lima de Freitas a dinamizar ciclos de debates e cinema com o tema “Igualdade” e de exposições com a mostra “Não é só cor-de-rosa” sobre mulheres que se destacaram na sociedade.

Já em abril, a 20, às 21h00, a Casa d’Avenida dinamiza uma sessão das Conversas de Café sobre “O que é ser homem hoje?”, enquanto a 28, às 15h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, há a tarde intercultural “Rendas de Bilros: Presente, Passado e Futuro”, com narrativas de mulheres.

A 12 de maio, das 12h30 às 18h30, no Bairro da Fonte Nova, realiza-se o Arraial Março Mulher 2018 com o tema “25 Edições MM, Caminhos para o Futuro”, certame com animação no Largo da Fonte Nove com gastronomia, manifestações culturais e artesanato. O evento integra também o programa Maio – Diálogo Intercultural, promovido pela autarquia.

outros sites

anterior

anterior

Informação Municipal
Setúbal pode ficar mais perto de si por correio, telemóvel ou por e-mail.
imagem da semana

vídeo da semana
associativismo
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign