21 de Outubro de 2017
16º
max. 21º
min. 13º
notícias
iniciativas em destaque
natal 15 de Dezembro de 2014
Mercado de Natal anima Baixa

Cerca de vinte casinhas rústicas de madeira e bancas com artesanato e gastronomia decoram a Praça do Bocage, num mercado com aroma a Natal, aberto ao público até dia 24.

“Mãe cor-de-rosa”, “Fascínio da arte”, “Molhos e sabores” são alguns dos pontos de venda de artesanato e gastronomia presentes na primeira edição do “STB Christmas Market”, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, que se iniciou no dia 12..

Boris, um argentino que vive em Setúbal há cerca de 25 anos, é um dos artesãos presentes no mercado de Natal. Muito acostumado à vida de ambulante, saltitando de feira em feira, justifica que “a necessidade faz o artista”, ao mesmo tempo que negoceia um pequeno sino a um visitante, que regateia a peça por um preço mais baixo. “Não posso baixar o preço, amigo, porque este é de bronze!”, responde Boris.

O mercado, integrado no programa “Natal na Baixa”, tem como principal objetivo promover o artesanato local e estimular o comércio tradicional. Artesanato que vai desde os trabalhos em cortiça às bonecas de trapo, da gastronomia aos bordados, faz as delícias de quem por ali passa.

“Passei pela Baixa, vi o mercado e experimentei dar uma olhadela. Está muito giro”, diz uma das visitantes, enquanto mexe num saco para o pão exposto numa das bancas, bordado com “Feliz Natal”.

O artesão Boris considera que, “apesar de as feiras surgirem em massa no verão, é interessante realizarem-se também no Natal”. Além de acolhedora e de oferecer uma grande variedade de produtos, a iniciativa é, para este vendedor, “uma ótima alternativa para o bolso das pessoas”.

Não muito longe deste ponto de venda, Artur Caetano transaciona as peças que constrói em casa, em conjunto com a mulher. O casal faz do artesanato “uma espécie de hobby para ajudar os filhos e os netos” e vê no mercado “uma boa oportunidade de negócio”.

A banca de Artur está, maioritariamente, recheada de bonecos feitos em biscuit, ou cerâmica fria, como também é conhecida esta arte, massa confecionada a partir da mistura de amido de milho, cola branca, limão e vaselina.

Os artífices partilham a mesma opinião relativamente ao mercado. “Esta iniciativa é muito boa para dinamizar o comércio tradicional”, conclui Artur Caetano. “Acaba por valorizar a baixa”, remata Boris.

O “Cantinho da Susana” é mais um dos exemplos de venda artesanal existentes no “STB Christmas Market”. Ao mesmo tempo que vende uma peça que, segundo Susana, é a mais cara da banca – um prato de mesa pintado à mão que custa seis euros –, a artesã reconhece que no mercado há de tudo um pouco e a preços simpáticos. “As pessoas quando vêm procuram o barato”.

Apesar de o artesanato ser o ponto forte, no “STB Christmas Market” há também lugar à gastronomia. “Venham cá para provar umas coisas boas!”, apregoa João Paulo Matos, artista na arte de confecionar geleias e compotas.

Repleta de cores, a banca “Molhos e Sabores”, destaca-se pela grande variedade de produtos para todos os paladares. Desde geleias para acompanhar doces e salgados, como a de pimento, piripiri ou cebola, a outras aromáticas de lúcia-lima ou hortelã e, até, de sabores típicos da cidade, como é o caso da geleia de moscatel.

No meio de vinhos, conservas, azeite, chás, a etiqueta nacional é valorizada na banca “Portugal Gourmet”. Elsa Valentim considera que, além de “promover os produtos feitos por portugueses”, é importante “incentivar a população a consumir o que é nacional”.

O “STB Christmas Market”, que funciona todos os dias das 10h00 às 20h00, inclui ainda, ao fim de semana, um mercado de usados junto da Casa da Cultura e bancas de artesanato nas arcadas dos Paços do Concelho.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign