23 de Outubro de 2017
17º
max. 26º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
investimento 23 de Fevereiro de 2012
Mercado social apoia comunidade

O Mercado Social da Bela Vista, plataforma logística com funções de captação, armazenamento e redistribuição de bens materiais não perecíveis na comunidade envolvente, é o novo equipamento que a Câmara Municipal está a criar naquele bairro.

A criação e implementação do Mercado Social, obra iniciada esta semana, no valor de quase 200 mil euros, que integra o programa RUBE – Regeneração Urbana da Bela Vista e Zona Envolvente, permite aumentar o reaproveitamento de recursos, numa gestão partilhada entre a Câmara Municipal de Setúbal e instituições particulares de solidariedade social do Concelho.

O futuro equipamento, que funcionará como um entreposto social de bens e serviços, tem como funções a captação e armazenamento de bens não perecíveis, como vestuário, material escolar, móveis e eletrodomésticos, para posterior distribuição.

O abastecimento de lojas sociais já existentes ou que venham a ser criadas por IPSS é uma das tarefas do Mercado Social da Bela Vista, que pretende contribuir para a supressão de necessidades básicas de famílias em dificuldade.

O Mercado Social assegura, ainda, o acesso de forma condigna a estes bens, apoiando de maneira mais eficaz e responsável outras necessidades fundamentais da comunidade, como as condições de habitabilidade ou de acesso à educação, essenciais à consolidação de um percurso de inserção.

Além da função de entreposto social, o equipamento fica apto para o desenvolvimento de outros serviços em prol da comunidade, como uma lavandaria e uma oficina para a execução de pequenas reparações.

O Mercado Social da Bela Vista ficará instalado num espaço da Rua da Figueira Grande, onde funcionou o Centro Jovem Tabor, estando a decorrer as necessárias obras de adaptação e beneficiação, que devem ficar concluídas em meados de junho.

A intervenção constitui um investimento global de 189 mil e 750 euros, comparticipado em 65 por cento (97 mil euros) do montante elegível para este projeto, no valor de 150 mil euros, por fundos comunitários canalizados pelo PORLisboa – Programa Operacional Regional de Lisboa, no âmbito do QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign