16 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 4º
notícias
iniciativas em destaque
música 24 de Setembro de 2013
Mês inteiro dedicado à música

A estreia de uma encenação de árias cantadas por Luísa Todi, um concerto da orquestra nacional do Tartaristão e outro com o cabo-verdiano Tito Paris integram, em Setúbal, as comemorações do “Mês da Música”, em outubro.

Com entradas gratuitas na maioria dos eventos, exceto nas iniciativas indicadas, o programa, promovido pela Câmara Municipal de Setúbal, tem início logo a 1 de outubro, Dia Mundial da Música, com um espetáculo duplo, de música e cinema, às 21h30, no Fórum Luísa Todi.

Numa noite em que é evocada a famosa mezzo-soprano sadina Luísa Todi, o serão começa com a exibição do filme “Todi. A segunda morte de Luísa Aguiar”, realizado por Rui Esteves, com textos de Maria João Seixas e interpretação de Laura Soveral.

O documentário ficcionado mostra o percurso de uma octogenária por Setúbal, Porto e Lisboa, durante 24 horas, no ano de 2008, através do qual é estabelecida uma ponte entre o mundo contemporâneo e a fama que Luísa Todi teve na Europa durante a carreira como cantora lírica no século XVIII.

Na segunda parte, Os Músicos do Tejo, orquestra conduzida pelo maestro Marcos Magalhães, apresentam um concerto encenado do trabalho discográfico “As Árias de Luísa Todi”, numa estreia absoluta de uma encenação de obras cantadas pela mezzo-soprano setubalense.

A soprano Joana Seara dá voz à encenação de Rui Esteves, a qual conta ainda com a colaboração especial de Laura Soveral.

Rui Esteves, Laura Soveral e Maria João Seixas marcam presença no Fórum Luísa Todi para a apresentação do espetáculo. Os bilhetes custam cinco euros.

O Coral Luísa Todi apresenta, no dia 2 de outubro, às 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o tradicional concerto que o grupo organiza anualmente para comemorar o Dia Mundial da Música.

Os professores de guitarra do Conservatório Regional de Setúbal atuam no dia 4, às 19h00, também no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no qual interpretam obras para solos, duos e ensembles de compositores como L. Boccherini, J. Dowland, J. Gauffriau e N. Koshkin.

A Casa da Cultura assinala o primeiro aniversário da inauguração através de iniciativas integradas no Mês da Música. No dia 4 de outubro, pela 20h30, o grupo de gaiteiros Bardoada atua nas ruas da Baixa da cidade, terminando o périplo no Pátio do Dimas, localizado na Casa da Cultura.

Também no Pátio do Dimas, no dia 4, a partir das 21h30, e a dia 5, às 23h30, realizam-se momentos musicais evocativos do Círculo Cultural de Setúbal, antigo espaço artístico, associado à contestação do regime fascista e que funcionou nas instalações que deram lugar, há um ano, à Casa da Cultura.

No âmbito das comemorações da Casa da Cultura, a Sociedade Musical Capricho Setubalense desenvolve no dia 5, a partir das 10h30, em frente da Casa da Cultura, um atelier de música e de instrumentos.

O Mês da Música prossegue a 6, pelas 15h00, no Parque do Bonfim, com a realização da Feira da Pulga, onde se pode comprar e vender artigos usados, e um concerto do projeto Som das Esferas, em que o músico João da Ilha apresenta uma série de temas instrumentais inspirados nos sete chakras.

A banda da Sociedade Filarmónica Perpétua Azeitonense atua no coreto da Avenida Luísa Todi, no dia 6, às 16h00.

No mesmo dia e à mesma hora, no Fórum Municipal Luísa Todi, há um concerto da Orquestra Nacional de Instrumentos Folclóricos do Tartaristão. No espetáculo, com bilhetes a três euros, são interpretadas obras da música clássica, principalmente com origem na Rússia, assim como temas de compositores tártaros e arranjos originais de melodias folclóricas.

No dia 11, às 22h00, na Casa da Cultura, há a tertúlia “Muito Cá de Casa”, organizada em parceria com o atelier DDLX.

O dia 12 de outubro está preenchido com vários espetáculos. Uma arruada pelo Grupo de Percussão “O Tamborzinho”, do Clube de Animação Jovem da APPACDM de Setúbal percorre as ruas da Baixa da cidade a partir das 10h30.

À mesma hora, na Casa da Cultura, atua o conjunto Tokivozes, enquanto de noite, no mesmo local, às 22h00, há um espetáculo com Rita Andrade, cantora dedicada ao soul das décadas de 50 e 60.

No dia 13 atuam os Logadogue Swing Project, às 16h00, no Parque do Bonfim, e os Putan Club, às 17h00, na Casa da Cultura, numa organização em parceria com a associação Experimentáculo.

No mesmo dia, um espetáculo multidisciplinar, às 16h00, no Fórum Luísa Todi, comemora o Centenário do Lar Paula Borba. Os bilhetes custam três euros, revertendo um euro desse valor para o lar setubalense.

Tito Paris e convidados participam num espetáculo do Dia da Cultura Cabo-Verdiana, promovido pela Associação Cabo-Verdiana de Setúbal agendado para o dia 18, às 21h30, no Fórum Luísa Todi. As entradas custam 12 euros.

Carlos Mendes atua também a 18 de outubro, às 22h00, na Casa da Cultura, num concerto de música popular portuguesa, organizado pela Associação José Afonso.

Os grupos corais de cante alentejano “Os Amigos do Independente” e “Os Amigos dos Sadinos” atuam no dia 19, às 10h30, no Largo da Misericórdia, enquanto a Tuna Sadina apresenta, às 16h00, no Made in Café, localizado no Parque Urbano de Albarquel, o festival “VI Abraçar Setúbal”.

O Fórum Luísa Todi volta a ser palco de mais um espetáculo, desta feita do Coral Harmonia, que apresenta “Nem Tarde Nem Cedo”, também a 19, às 21h30. As entradas têm o valor de dez euros para a plateia e de oito para o balcão.

Ana Deus é a última artista a subir a um palco no dia 19, com um concerto baseado em canções de filmes, organizado em parceria com a Experimentáculo, a partir das 22h00, na Casa da Cultura. Os bilhetes custam três euros.

A Casa da Cultura recebe o Ciclo de Cinema da Música, com início a partir das 16h30 do dia 20.

“Culsete – Livraria [1973-2013] 40 Anos a promover o livro e a leitura em Setúbal” é o título do espetáculo multidisciplinar que se realiza no dia 20, às 16h00, no Fórum Luísa Todi. As entradas custam três euros, com um euro a reverter a favor da Equipa de Suporte em Cuidados Paliativos do Agrupamento de Centros de Saúde – Arrábida.

O Quarteto Deolinda de Jesus apresenta um concerto no dia 20, às 16h00, no Parque do Bonfim, enquanto a Orquestra Sinfónica Juvenil do Conservatório Regional de Setúbal atua no dia 24, às 21h30, no Fórum Luísa Todi.

As bandas da Sociedade Musical Capricho Setubalense e da Sociedade Filarmónica Providência dão um concerto, também a 20, pelas 16h00, na Quinta do Bom Pastor, em Vila Fresca de Azeitão.

Para o dia 25 está reservada uma atuação de alunos da Escola de Música Dámsom, às 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Os 4Sixties, dedicados aos clássicos do rock’n’roll, tocam na tarde do dia 26, às 16h00, no coreto da Avenida Luísa Todi.

À noite, no Fórum Municipal Luísa Todi, a partir das 21h30, tem início “Setúbal Homenageia Rui Serodio”, espetáculo multidisciplinar de teatro, dança, música, pintura e poesia, em que agentes culturais do concelho prestam uma homenagem póstuma ao maestro que construiu a carreira artística em Setúbal.

O evento é de entrada paga, com bilhetes a três euros, em que um euro do valor de cada bilhete reverte a favor do Externato Rumo ao Sucesso.

Professores e alunos do Instituto Musical Mozart dão um concerto no dia 26, às 16h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, enquanto o Grupo Coral da Escola Secundária de Bocage atua no dia 27, às 17h00, no Museu do Trabalho Michel Giacometti.

“As Seis sonatas ‘A Quattro’ de Gioachino Rossini” é o título de um espetáculo duplo, no dia 30, no Fórum Luísa Todi, em que são recordadas as obras escritas pelo compositor italiano do século XIX com apenas 12 anos.

Repartido em duas atuações, em que são interpretadas três sonatas em cada, a primeira, às 16h00, é gratuita e destina-se à comunidade escolar, enquanto, a segunda, com início às 21h30, é para o público em geral e tem o valor de bilheteira de três euros.

O “Mês da Música” termina no início de novembro, no dia 1, com o espetáculo “Aplaudam Setúbal – Trad&Sons”, às 21h30, no Fórum Luísa Todi.

O serão é preenchido com atuações de vários artistas locais. A entrada é paga, com bilhetes a três euros, revertendo o montante da bilheteira destinado aos artistas a favor dos Bombeiros Voluntários de Setúbal.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign