22 de Outubro de 2017
16º
max. 21º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
concertos 05 de Dezembro de 2014
Metropolitana a dobrar no Fórum

Formações distintas da Orquestra Metropolitana de Lisboa, uma, do conjunto principal e do Lisboa Cantat, e, outra, da Académica, apresentam-se nos dias 19 e 20 no Fórum Municipal Luísa Todi para dois concertos especiais na cidade de Setúbal.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa e o Coro Sinfónico Lisboa Cantat apresentam duas obras de Mozart num concerto de Natal agendado para as 21h30 do dia 19.

As interpretações das composições Grande Missa em Dó Menor, K. 427 e Vesperae solennes de confessore, K. 339, do compositor austríaco, marcam o regresso a Setúbal da orquestra dirigida pelo maestro escocês Nicholas Kraemer, e do coro, conduzido por Jorge Carvalho Alves, num espetáculo com entradas a 15 euros.

A Grande Missa em Dó Menor terá sido composta em resultado do voto assumido por Mozart numa ocasião em que a mulher, Constanze, se encontrava doente.

As Vesperae, segunda composição a apresentar, dizem-se solennes por juntarem os instrumentos à voz, uma vez que este ritual das horas era vulgarmente cantado a capella, todos os dias ao final da tarde, e de confessore porque celebrariam um santo. Já perto do final pode distinguir-se o famoso Laudate Dominum.

Apesar de a composição sacra mais emblemática de Mozart ser o Requiem, as duas obras de Mozart a apresentar neste espetáculo, ligadas ao culto cristão, estão hoje associadas ao Natal.

O concerto do dia 19 conta com os solistas Carla Caramujo, soprano, Tanja Simic Queiroz, mezzo-soprano, Pedro Nunes Cachado, tenor, e João Fernandes, barítono.

No dia 20, também às 21h30, sobe ao palco do Fórum Luísa Todi a Orquestra Académica Metropolitana, que apresenta "Histórias da Mãe Ganso - Concerto de Natal da Juventude".

A atuação abre com a obra mais conhecida de Leopold Mozart, pai de Wolfgang, originalmente intitulada “Sinfonia das Crianças” e designada atualmente de “Sinfonia dos Brinquedos”.

O reportório do concerto inclui ainda temas de Maurice Ravel inspirados em contos de Charles Perrault, tais como “A Bela Adormecida” e “O Polegarzinho”, e a conhecida Sinfonia n.º 40, K.550, de Wolfgang Amadeus Mozart.

O espetáculo tem direção musical de Jean-Marc Burfin e conta com o contributo especial de Susana Henriques e com as participações de alunos do Conservatório da Metropolitana e do Curso de Direção de Orquestra da Metropolitana.

As entradas custam 5 euros e encontram-se à venda no Fórum Luísa Todi e em www.bilheteiraonline.pt.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign