13 de Dezembro de 2017
10º
max. 12º
min. 4º
notícias
iniciativas em destaque
música 17 de Maio de 2013
Mil percussionistas em desfile

A diversidade rítmica e cultural foi partilhada por cerca de mil crianças que participaram, dia 17, no desfile de percussão do Festival de Música de Setúbal, que espalhou sons, cor e alegria pelas ruas da cidade.

“Vocês são os melhores batuqueiros do mundo. Ânimo que estamos a gravar o videoclipe deste grande evento”, encorajou o coordenador do desfile, Fernando Molina, ainda no Fórum Municipal Luísa Todi, local de concentração dos participantes e onde se iniciou esta festa de percussão, realizada de manhã.

Mal saíram do equipamento municipal, os ritmos dos batuques e tambores, construídos de forma criativa e, em grande parte, ambientalmente sustentáveis, começaram a ecoar pela Avenida Luísa Todi, despertando a curiosidade da população.

No colorido e pitoresco desfile, com a participação de crianças dos agrupamentos de escolas do concelho e de associações de imigrantes da cidade, misturaram-se sons e tradições culturais, coreografias e letras musicais, numa grande festa da música acompanhada por profissionais e encarregados de educação.

À medida que cada grupo de escolas tocava os ritmos dos respetivos estabelecimentos de ensino e associações, Fernando Molina não se cansava de falar e interagir com os pequenos percussionistas. “Energia”, gritou vezes sem conta. “Está fantástico”, elogiou, ao mesmo tempo que gesticulava movimentos de coordenação musical.

O percurso do desfile, alterado em virtude das condições meteorológicas, atravessou a Avenida Luísa Todi e culminou na zona ribeirinha, no Pavilhão do Clube Naval Setubalense, para um momento de confraternização conjunto.

A irreverência da pequenada tornava, por vezes, difícil de coordenar as atuações que haviam sido preparadas. “Vamos lá! Quatro segundos, silêncio”, soltou Fernando Molina, desafiando a uma desgarrada rítmica, ao estilo dos estádios de futebol, com sons alternados de cada uma das bancadas.

Feita a brincadeira e depois de cantados os parabéns a dois jovens aniversariantes, foi a vez de o grupo BelaBatuke, do Agrupamento Vertical de Escola Ordem de Sant’Iago, mostrar o resultado de largas horas de preparação musical com um momento de percussão alindado por bandeiras, uma pequena coreografia e uma canção.

“Hoje, pela música, pelos vários ritmos e sonoridades, comunicámos com a população de Setúbal”, sublinhou Fernando Molina. “Foi um desafio aliciante com um resultado poderoso, após muitos meses de trabalho conjunto para o qual muito contribuíram os alunos, os professores e as associações.”

A terceira edição deste evento, subordinada ao tema “Comunicação”, mantém os princípios com que a iniciativa foi criada, em 2011, numa organização da Câmara Municipal de Setúbal, The Helen Hamlyn Trust e a A7M – Associação Festival de Música de Setúbal

No Festival de Música de Setúbal, a decorrer até dia 19, vários músicos profissionais, a maioria com carreiras consolidadas no plano internacional, apresentam espetáculos, alguns juntamente com grupos locais de crianças, imigrantes ou pessoas com deficiências.

“Este é um evento que alia e cruza a música clássica a um instrumento educativo e de aprendizagem que pretende sensibilizar os mais novos”, salientou o diretor do Departamento de Cultura, Educação, Desporto, Juventude e Inclusão Social da Câmara Municipal de Setúbal, Luís Liberato.

A “comunicação pela música” é o grande desafio da edição deste ano, frisou Luís Liberato, vincando que a iniciativa, além de “levar esta arte até às escolas e associações”, é uma peça importante na estratégia definida pela Autarquia para tornar “Setúbal na grande cidade da música”.

O programa completo pode ser consultado nesta página.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign