20 de Outubro de 2017
20º
max. 20º
min. 18º
notícias
iniciativas em destaque
bela vista 12 de Novembro de 2014
Moradores debatem novas ações

Moradores dos cinco bairros de Setúbal, na zona da Bela Vista, com ações de intervenção no âmbito do “Nosso Bairro, Nossa Cidade” encontram-se no dia 16, à tarde, na EB+S Ordem de Sant’Iago, para debater novas ações de trabalho.

“Vai ser um momento de grande significado, um encontro no qual os moradores, de forma organizada, manifestam a sua opinião”, realçou o vereador com o pelouro da Habitação da Câmara Municipal de Setúbal, Carlos Rabaçal, no dia 12, de manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na antevisão da iniciativa de domingo.

No 2.º Encontro Nosso Bairro, Nossa Cidade, com início às 15h00, os participantes debatem e avaliam o resultado das iniciativas saídas do primeiro encontro anual e perspetivam novas medidas e planos de ação concretos para o desenvolvimento de projetos em prol da população.

A iniciativa deste ano, com o lema “Decidir, Organizar e Realizar”, apresenta uma novidade, com “os grupos de trabalho organizados por cada um dos cinco bairros e não por áreas de intervenção”, anunciou Carlos Rabaçal.

O reforço dos laços de coesão e de proximidade entre os moradores e o incentivo à participação em iniciativas são outros objetivos deste segundo encontro, que abrange os bairros da Bela Vista, Forte da Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Manteigadas e Quinta de Santo António.

Participação e organização de moradores, atividades físicas, desportivas e culturais, formações, reabilitação de edifícios e espaços públicos, comunicação/mobilização, ambiente e espaços verdes, higiene urbana, festas populares e atividades ocupacionais são temas em debate na reunião.

O “Nosso Bairro, Nossa Cidade” assenta na premissa de que toda a ação deverá ser protagonizada pelos próprios, ou seja, deverá ser geradora de participação das pessoas nas decisões que a elas e à sua comunidade dizem respeito, promovendo a autonomia, a responsabilidade e o crescimento coletivo.

“Queremos que sejam os moradores a decidir a vida nos seus bairros”, frisou o autarca, ao adiantar que o processo de organização e envolvimento dos moradores nas mais variadas ações, físicas ou imateriais, “é a grande razão da existência deste programa municipal”.

Na apresentação do encontro, marcaram presença, além do vereador e técnicos municipais, o presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião, Nuno Costa, e representantes de cada um dos bairros envolvidos no projeto. “É importante que a colaboração nos bairros tenha rostos”, vincou Carlos Rabaçal.

O programa municipal, adiantou o vereador, tem-se traduzido “num esforço muito grande para a reabilitação dos bairros”, não só ao nível do edificado mas, sobretudo, através de “um processo de democratização, nomeadamente com a eleição, em cada um dos bairros, em cada prédio, de pessoas com o papel de interlocutor”.

O desencadear de processos de participação é o principal objetivo do programa que engloba todas as ações que promovam a organização de grupos, que repercutam os seus interesses, que envolvam as pessoas nas decisões e tarefas inerentes à execução, que firmem lideranças e que promovam a mobilização popular.

Ao longo de mais de dois anos de implementação do “Nosso Bairro, Nossa Cidade”, são já várias as ações concretizadas, com evoluções muito significativas ao nível dos espaços verdes, na Alameda das Palmeiras, e segurança, na Bela Vista, com a colocação de portões e iluminação nos acessos aos prédios.

O trabalho realizado pelas equipas comunitárias de higiene urbana para limpeza e manutenção dos pátios da Bela Vista é, de acordo com o autarca, outra das ações com resultados muito positivos neste programa municipal “projetado para ter eficácia num período máximo de dez anos”.

Carlos Rabaçal afirmou ainda que, entre outras ações a dinamizar pelos moradores com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, “há o compromisso de, até 2016, ser possível pintar os edifícios de todos os bairros” abrangidos na área de intervenção do programa.

No território do “Nosso Bairro, Nossa Cidade”, com 153 edifícios, 1592 habitações sociais, das quais 423 são privadas, e onde residem, aproximadamente, 6 mil pessoas, a mudança de paradigma organizacional gerou a realização de 652 reuniões, com 2898 participações e 307 interlocutores eleitos.

O 2.º Encontro Nosso Bairro, Nossa Cidade, no dia 16, começa às 15h00 com uma sessão de abertura na qual participam a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, o vereador Carlos Rabaçal, e o presidente da Junta de Freguesia de S. Sebastião, Nuno Costa, além de técnicos municipais.

O visionamento de um filme antecede um momento de reflexão e análise sobre o trabalho já realizado no âmbito deste programa municipal sem precedentes a nível nacional, responsável por impulsionar atividades de melhoria do território e das condições de vida das populações.

O encontro prossegue com um período de trabalho no qual os participantes debatem, em grupo, o lançamento de novas intervenções a dinamizar no território e em prol da comunidade, ideias apresentadas posteriormente em plenário. Segue-se a sessão de encerramento, com uma intervenção da presidente da Autarquia, e um jantar convívio.

ferramentas
notícias relacionadas
mais recentes
+ lidas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign