16 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
saúde 13 de Agosto de 2016
Níveis de ozono elevados na região

A ocorrência de níveis elevados de ozono na região de Lisboa e Vale do Tejo, com valores passíveis de causar efeitos nocivos para a saúde humana, em particular a grupos específicos, está prevista no fim de semana de 13 e 14 de agosto.

As previsões apontam para a probabilidade de se ultrapassar o valor de concentração de ozono de 180 µg/m3 (microgramas por metro cúbico), definido como limiar de informação ao público para este poluente.

Os valores observados de ozono podem provocar efeitos na saúde humana, especialmente em grupos da população mais sensíveis, tais como crianças, idosos, asmáticos e indivíduos com outras doenças respiratórias ou cardíacas.

A exposição a este poluente afeta, essencialmente, as mucosas oculares e respiratórias, podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações nos olhos.

Os níveis mais elevados de ozono na região de Lisboa e Vale do Tejo são previstos para o período da tarde, durante o qual é recomendável que os grupos mais sensíveis da população reduzam ao mínimo a atividade física intensa ao ar livre e evitem a permanência no exterior.

Para informações adicionais, nomeadamente sobre os efeitos do ozono e outras medidas a tomar, devem ser consultadas as páginas de internet http://www.dgs.pt/saude-ambiental/areas-de-intervencao/ar/ozono.aspx e http://www.ccdr-lvt.pt/pt/qualidade-do-ar/8090.htm.

A informação sobre os valores de ozono observados nas estações de monitorização da qualidade do ar encontra-se disponível no endereço http://qualar.apambiente.pt/.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign