17 de Dezembro de 2017
max. 12º
min. 2º
notícias
iniciativas em destaque
homenagem 16 de Abril de 2014
Ouro homenageia benemérito

A Medalha da Cidade em Ouro, a mais alta distinção de Setúbal, foi entregue no dia 16, a título póstumo, a Antoine Velge, num reconhecimento pelo trabalho benemérito desenvolvido no concelho e na dinamização da economia local.

A “merecida distinção”, como sublinhou a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, que concede ao agraciado o título de cidadão honorário de Setúbal, foi entregue ao neto do empresário belga, cujo nome também é Antoine Velge, num momento assinalado nos Paços do Concelho.

A Medalha da Cidade em Ouro, atribuída pela Autarquia a Antoine Velge no final da década de 80, nunca tinha sido entregue. “Não tínhamos conhecimento da situação”, justificou a autarca, ao explicar que o lapso só foi detetado numa investigação da LASA – Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão.

“É um momento de inteira justiça e uma homenagem a um homem que deu muita qualidade à cidade, não só na criação de empregos no setor industrial, mas também com reconhecidos contributos beneméritos a várias instituições de Setúbal”, frisou Maria das Dores Meira.

A criação, em 1926, da unidade fabril da Sapec materializa o início da relação do empresário belga com Setúbal, cidade que ajudou a desenvolver, não só na esfera económica, como no campo social, com a atribuição de várias ajudas mecenáticas em prol da população.

O apoio financeiro à construção do Estádio do Bonfim, que lhe valeu, mais tarde, a atribuição do seu nome ao pavilhão do Vitória Futebol Clube, a atribuição de subsídios a outras agremiações desportivas e o apoio ao apetrechamento do Hospital de São Bernardo são exemplos de contributos de Antoine Velge.

“Agradeço em nome do meu avô, um homem que fez toda a carreira profissional em Setúbal”, afirmou Antoine Velge, neto do benemérito, ao adiantar que as distinções recebidas pela Câmara Municipal de Setúbal vão ficar expostas no núcleo museológico do Grupo Sapec, no qual é perpetuada a história da empresa.

Ao recordar a chegada do jovem empresário a Setúbal, no início da década de 20, Antoine Velge vincou traços da personalidade do avô. “Pertencia a uma geração de investidores que não pensavam somente no lucro da empresa e faziam questão de partilhar a riqueza com os funcionários.”

Antoine Velge nasceu em Bruxelas, Bélgica, em 1901. À fundação do Grupo Sapec, seguiram-se vários investimentos internacionais, nomeadamente em Setúbal, com o banqueiro Frederic Jacobs. Na cidade, criaram uma unidade industrial da Sapec ligada ao setor agroquímico, em funcionamento há mais de oito décadas. Faleceu em abril de 1974.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign