14 de Dezembro de 2017
15º
max. 17º
min. 10º
notícias
iniciativas em destaque
investimento 26 de Fevereiro de 2015
Parcerias estimulam negócio

A Câmara Municipal celebrou no dia 26, no Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal, um conjunto de protocolos de colaboração com o objetivo de apoiar e incentivar o desenvolvimento de pequenas e médias empresas no concelho.

Durante a cerimónia, realizada no auditório da incubadora municipal de empresas sadina, a vereadora com o pelouro da Atividades Económicas sublinhou que a Autarquia tem feito uma aposta forte na melhoria dos serviços do Gabinete de Apoio ao Empresário, até porque “muitas pessoas procuram a Câmara Municipal todos os dias porque têm uma ideia, um projeto, e precisam de orientação para os implementar”.

Para Carla Guerreiro, nesse processo de auxílio, “é muito importante contar com a colaboração dos parceiros da Autarquia”.

Os protocolos agora celebrados vão desenvolver ou reforçar parcerias entre a Câmara Municipal e associações que, direta ou indiretamente, apoiam o empreendedorismo e o crescimento, principalmente de pequenas e médias empresas.

A presidente da Autarquia, Maria das Dores Meira, que assinou os protocolos com as instituições de apoio empresarial, salientou que estas colaborações representam um passo no sentido de Setúbal “aprofundar, de forma articulada com a estratégia de desenvolvimento regional e com a participação ativa dos diversos agentes económicos e sociais, a sua estratégia de desenvolvimento”.

A autarca recordou que o concelho “tem enormes capacidades de gerar riqueza”, em função de várias características que o distinguem, como o facto de ser o “polo urbano mais autónomo e menos dependente das relações pendulares com Lisboa”.

Maria das Dores Meira frisou também que Setúbal tem um enorme potencial ambiental e paisagístico, apresenta-se como uma importante cidade portuária e acolhe na Península da Mitrena um conjunto relevante de atividades económicas, “algumas delas responsáveis pelos bons resultados das exportações do País e, inclusivamente, por mais de um terço do PIB nacional”.

A presidente da Autarquia lembrou que o Instituto Nacional de Estatística indicou o concelho de Setúbal como o quarto maior em Portugal ao nível das exportações durante o ano de 2013, com um valor global de 1531 milhões de euros.

As capacidades do concelho em reunir condições para geração de riqueza passam ainda, enumerou Maria das Dores Meira, pela existência de espaço disponível para a instalação de novas atividades económicas e a disponibilidade de mão de obra qualificada, devido à presença de um instituto politécnico com escolas superiores nas áreas da Saúde, Ciências e Tecnologia, Ciências Empresariais e Educação.

A autarca sublinhou, ainda, que a Câmara Municipal canaliza parte da estratégia de desenvolvimento do concelho através do Gabinete de Apoio ao Empresário e do Ninho de Novas Iniciativas Empresariais, nos quais se verifica “a maior celeridade praticada na análise das intenções de investimento, o acompanhamento especializado dos investidores e a permanente disponibilidade para procurar soluções”.

Na cerimónia de dia 26, que incluiu uma visita às instalações do Ninho de Novas Iniciativas Empresariais e um moscatel de honra, a Câmara Municipal oficializou acordos de colaboração com a ANECRA – Associação Nacional das Empresas do Comércio e Reparação Automóvel, a ANPME – Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas, a ANDC – Associação Nacional de Direito ao Crédito, a Agrobio, a APERSA – Associação de Pequenos Empresários da Região de Setúbal e Alentejo, a CPPME – Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas, a EDINSTVO – Associação de Imigrantes dos Países de Leste e a IDSET – Associação Portuguesa para a Inovação e Desenvolvimento.

Entre as várias intervenções dos representantes das entidades que celebraram os protocolos juntamente com a Câmara Municipal, dominaram as felicitações à Autarquia pela iniciativa que teve, algo que, como foi sublinhado, irá contribuir efetivamente para um melhor apoio ao crescimento do negócio.

Jaime Ferreira salientou, inclusivamente, que, no caso particular da entidade que representa, a Agrobio, “este é um momento particularmente feliz porque já está a chegar um conjunto importante de apoios financeiros [ao nível estatal e comunitário] para a agricultura e, em especial, para a biológica. E todos os dias chegam novas pessoas que querem começar atividade na área da agricultura”.

Por indisponibilidade de agenda da parte da ANEFA – Associação Nacional de Empresas Florestais Agrícolas e do Ambiente, não foi possível a assinatura do protocolo de colaboração entre esta entidade e a Autarquia, sendo a parceria formalizada muito em breve.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign