28 de Julho de 2017
31º
max. 32º
min. 18º
notícias
iniciativas em destaque
caravanismo 30 de Junho de 2016
Parque do Outão abre a autocaravanas

A primeira fase do EcoParque do Outão, que resulta da requalificação que a Câmara Municipal de Setúbal está a promover num antigo parque de campismo, foi inaugurada a 30 de junho com capacidade para o parqueamento de sessenta autocaravanas.

A autarquia, que ficou, recentemente, com a concessão do Parque de Campismo do Outão, está a efetuar a renovação do espaço de forma faseada para que possa funcionar em pleno a partir do próximo ano.

O objetivo é que, no futuro, este possa vir a ser “um ecoparque de excelência e um cartão de visita da cidade para campistas e caravanistas”, referiu a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, no ato de reabertura da primeira fase do espaço.

Nesta fase, funciona entre 1 de julho e 15 de setembro, apenas com a valência de parque de autocaravanas, com um custo diário de 6 euros, que permite assegurar o estacionamento destas viaturas com segurança e qualidade, evitando o parqueamento em zonas da cidade não adequadas.

“Setúbal tem, a partir de hoje, um renovado e qualificado espaço para a prática do autocaravanismo. Com este parque, reforçamos a oferta local a um segmento da procura turística em crescimento e, em simultâneo, criamos as condições para que os autocaravanistas possam usufruir com qualidade da cidade, da serra e, claro, do nosso rio”, salientou a autarca.

Agora que já existe em Setúbal um espaço “com as condições necessárias”, todas as autocaravanas “têm de sair da zona ribeirinha”, indicou Maria das Dores Meira.

Para receber as autocaravanas nesta fase, a autarquia procedeu à limpeza do espaço, que se encontrava bastante sujo e degradado, bem como à recuperação e tratamento das zonas verdes e à reabilitação do edifício da receção.

Além de um novo design interior da receção concebido por João Maria, as fachadas foram pintadas pelo grafitter Smile, com golfinhos e outros motivos alusivos ao Sado.

A intervenção incluiu ainda a reabilitação as infraestruturas elétricas e de água e a criação de uma estação de serviço para autocaravanas e de uma rede localizada de água e esgotos com armazenamento e sistemas de recolha e transporte para uma ETAR.

Estão também a funcionar balneários em instalações provisórias, com duches e casa de banho, uma vez que o antigo edifício será totalmente requalificado, e os utilizadores dispõem ainda de máquinas de venda automáticas e de ecopontos e contentores para resíduos sólidos.

O espaço terá também segurança, para garantir, assim, neste verão, o parqueamento de autocaravanas, fase que não inclui outros serviços, como a admissão de tendas ou caravanas.

Para já, o equipamento tem capacidade para receber sessenta autocaravanas, mas quando estiver a funcionar em pleno, em 2017, prevê-se que este número duplique, a que se somam as valências a criar destinadas ao campismo, como bungalows em madeira.

A partir do próximo ano, o EcoParque do Outão terá todas as valências de campismo, caravanismo e autocaravanismo, “assumindo-se como um parque ecológico de referência, a nível nacional e internacional, com diferentes funcionalidades assentes em boas práticas de sustentabilidade”.

A criação deste equipamento enquadra-se no Plano de Desenvolvimento de Setúbal como Destino Turístico Sustentável, que conta com a colaboração do Departamento de Engenharia Civil, Arquitetura e Georrecursos do Instituto Superior Técnico.

Assim, a requalificação do espaço segue os princípios da sustentabilidade definidos pelo sistema LiderA, no qual será certificado, nomeadamente quando o espaço tiver ao dispor as várias funcionalidades.

Além da recuperação das instalações sanitárias, será criada uma lavandaria e engomadoria e haverá um pequeno restaurante do lado de fora da vedação, com acesso pelo interior e exterior do parque.

O projeto integra a construção de uma estação de tratamento de águas residuais e de aproveitamento das águas das chuvas e a concessão de infraestruturas elétricas com preocupações de eficiência energética.

“O objetivo é criar um parque ecológico de referência, promovendo os valores naturais e culturais de Setúbal”, sublinhou Maria das Dores Meira.

O encargo da Câmara Municipal de Setúbal, nesta primeira fase, ultrapassou os 100 mil euros, estando previsto um investimento total na requalificação do parque de campismo do Outão de cerca de um milhão de euros.

Uma parte deste montante poderá, no entanto, ter comparticipação financeira ao abrigo de fundos comunitários, caso sejam aprovadas as candidaturas que o município vai apresentar ao Portugal 2020 para os projetos de eficiência energética e de tratamento e valorização de águas residuais e pluviais.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign