16 de Dezembro de 2017
12º
max. 12º
min. 5º
notícias
iniciativas em destaque
comemorações 21 de Junho de 2016
Poemas levam Bocage às ruas

As primeiras estruturas com poemas de Bocage e intervencionadas por artistas plásticos, a instalar no centro histórico de Setúbal no âmbito do projeto “Bocage na Rua – 30 Poemas”, são inauguradas no dia 25, às 19h00, na Rua Luís de Camões.

A iniciativa resulta de uma parceria do Teatro Estúdio Fontenova com a Câmara Municipal Setúbal, integrada nas Comemorações dos 250 Anos do Nascimento de Bocage, que a autarquia está a conduzir ao longo de um ano, desde 15 de setembro de 2015.

O projeto consiste na definição de um itinerário pedonal pela cidade através de 15 estruturas distribuídas, maioritariamente, pela zona do centro histórico, em que cada uma delas estabelece remissões para factos biográficos ou relacionados com a época contemporânea de Bocage, nascido em Setúbal em 1765.

Cada estrutura exibe dois poemas do poeta sadino, os quais são lidos por personalidades do mundo das artes e que o público pode assistir a essas mesmas interpretações em vídeos publicados na internet e acessíveis por via de códigos QR.

A primeira estrutura a ser inaugurada, às 19h00, encontra-se na Rua Luís de Camões, antiga Rua dos Açougues, e foi artisticamente intervencionada pelo setubalense Ricardo Guerreiro Campos. Todas as inaugurações contam com pequenos apontamentos cénicos.

Esta estrutura encontra-se defronte da porta onde, em tempos bocagianos, funcionou uma livraria, sendo necessário interpretar o espaço tal como era usado na época, em que as livrarias consistiam em bibliotecas privadas, cujos proprietários deixavam pessoas de confiança utilizar, pelo que eram locais muito procurados, principalmente por intelectuais.

Os poemas deste primeiro ponto de referência são interpretados por Jorge Silva e Elmano Sancho.

A segunda estrutura a inaugurar está localizada na Avenida 5 de Outubro, no antigo Postigo de Santa Catarina, o que, na Setúbal antiga, constituía um ponto de saída e entrada na vila.

Jaf, natural de Mangualde, é o artista plástico autor da intervenção artística patente nesta estrutura, em que os poemas são interpretados por Manuel Bola e Wagner Borges e Tiago Bôto.

A estrutura intervencionada por Prahlad Fernando Aranda, artista natural do México, encontra-se na Rua Augusto Cardoso, onde outrora funcionou a Porta Nova, igualmente um ponto referência importante de entrada e saída na vila de Setúbal.

Neste local, os poemas publicados são interpretados por Bruno Moraes e Maria Simões.

Por fim, a última das primeiras quatro estruturas a inaugurar no dia 25 conta com nova intervenção plástica de Ricardo Guerreiro Campos, desta feita no Largo da Ribeira Velha, sendo os poemas interpretados por Cátia Terrinca e Eduardo Dias.

A localização remete para um antigo estanqueiro do tabaco, espaço onde, nos tempos da monarquia, tinham licença régia para a comercialização dos tabacos que faziam moda na sociedade e eram provenientes das rotas comerciais estabelecidas graças aos Descobrimentos.

Esta última inauguração do dia conta ainda com uma performance artística mais elaborada e que promete surpreender o público.

As intervenções artísticas exibidas nas estruturas foram selecionadas através de um concurso internacional e, no final do projeto “Bocage na Rua – 30 Poemas”, a organização conta definir um roteiro que mantenha, assim, viva a memória de Elmano Sadino na cidade onde nasceu.
 

ferramentas
notícias relacionadas
mais recentes
+ lidas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign