15 de Dezembro de 2017
10º
max. 16º
min. 8º
notícias
iniciativas em destaque
bocage 19 de Julho de 2016
Poesia de Bocage passeia na rua

Novas estruturas com poemas de Bocage, intervencionadas por artistas plásticos, a instalar no centro de Setúbal no âmbito do projeto “Bocage na Rua – 30 Poemas”, são inauguradas no dia 23, às 19h00, num percurso acompanhado de apontamentos cénicos.

A iniciativa, no âmbito das Comemorações dos 250 Anos do Nascimento de Bocage, programa a decorrer até setembro, resulta de uma parceria entre o Teatro Estúdio Fontenova e a Câmara Municipal de Setúbal, e já contou com a inauguração de quatro estruturas em junho.

“Bocage na Rua – 30 Poemas”, projeto que consiste num roteiro pedonal, no centro histórico da cidade, através do qual são estabelecidos paralelismos diretos com factos biográficos do poeta sadino, é composto por 15 estruturas, nas quais é possível ler-se um total de trinta poemas de Bocage.

Cada estrutura divulga dois poemas do poeta sadino, lidos por personalidades do mundo das artes e disponibilizados ao público em vídeos publicados na internet e acessíveis por códigos QR.

A quinta estrutura deste projeto, a ser inaugurada no dia 23, às 19h00, encontra-se na placa central da Avenida Luísa Todi, defronte da Galeria Municipal do Banco de Portugal, e foi intervencionada pelo artista plástico brasileiro Wagner Borges. O local remete para o rio Sado, fonte de inspiração de Bocage.

Os dois poemas deste primeiro ponto de referência são interpretados, respetivamente, por Rafaela Bidarra e Matilde Javier Ciria e por Tânia Cardoso e Rodrigo Crespo.

A zona em frente da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, no antigo Quartel do 11, onde Bocage assentou praça voluntariamente em 1781, recebe a sexta estrutura do projeto.

André Mares, natural de Setúbal, é o artista plástico autor da intervenção artística patente nesta estrutura, em que os poemas são interpretados por José Lobo e Odete Santos.

O artista setubalense é ainda autor de nova intervenção plástica, também na zona do antigo Quartel do 11, no Postigo do Cais, ponto de referência importante de passagem na Setúbal de antigamente.

Neste local, os poemas publicados são interpretados por Um Corpo Estranho e José Nobre.

A oitava e última estrutura a inaugurar no dia 23 conta com a intervenção de Prahlad Fernando Aranda, sendo os poemas interpretados por Moniztico e Maria Clementina.

Esta estrutura está localizada no Largo dos Defensores da República, junto do Museu do Trabalho Michel Giacometti, remetendo para a Porta de São Sebastião.

A última inauguração do dia conta ainda com uma performance artística por Eduardo Dias e Bruno Moraes.

As inaugurações das restantes sete estruturas ocorrem a 21 de agosto e 14 de setembro.

Os vídeos de figuras públicas a declamar a poesia do Elmano Sadino entretanto produzidos serão apresentados publicamente numa sessão conjunta a realizar no final do “Bocage na Rua – 30 Poemas”, projeto que tem também como objetivo o enriquecimento do património urbano de Setúbal.

Quando todas as 15 estruturas estiverem visíveis ao público, a organização disponibiliza um mapa com o itinerário dos locais a visitar, assim como informações complementares para um conhecimento mais aprofundado e interpretação das obras expostas e a razão das localizações escolhidas.

ferramentas
notícias relacionadas
mais recentes
+ lidas
APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign