11 de Dezembro de 2017
10º
max. 16º
min. 7º
notícias
iniciativas em destaque
declaração 21 de Março de 2013
Policiamento de proximidade defendido

A Câmara Municipal de Setúbal defende um ajustamento da estrutura de segurança pública do concelho que assegure um melhor policiamento de proximidade, mas sem necessidade de aumentar o número de agentes da PSP na esquadra da Bela Vista.

Numa declaração lida no dia 20 em reunião pública da Autarquia, a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, apesar de valorizar o papel das forças de segurança no concelho, em termos gerais, entende que os acontecimentos do último fim de semana na Bela Vista “demonstram que é necessário conceder aos agentes da autoridade mais e melhores condições de trabalho, mas, acima de tudo, mais e melhores competências e capacidades para se relacionarem com as populações do bairro que evitem a repetição de situações trágicas como a de sábado passado”.

A autarca reclama um “reforço do contingente policial em permanência em todo o concelho que seja adequado às necessidades de segurança da população de Setúbal”, sem, no entanto, aumentar o número de polícias ao serviço da esquadra da Bela Vista da PSP.

“O que pretendemos não é um reforço temporário do contingente policial, nem apenas pontuais ações repressivas musculadas, mas sim uma ação permanente de policiamento de proximidade nos bairros sociais – ação que não significa ter mais polícias no bairro. O que pretendemos é um reforço do envolvimento dos agentes de segurança já existentes nas ações que desenvolvemos nestes territórios com os moradores”, refere a declaração sobre os incidentes registados sábado à noite na Bela Vista após a morte de um jovem na zona das Manteigadas no contexto de uma intervenção policial.

Estas pretensões, apresentadas pela autarca ao Governo, em reunião realizada com o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, em Lisboa, na passada segunda-feira, visam “uma melhoria do policiamento de proximidade na Bela Vista”, através de “uma mudança na forma de estar dos agentes e da forma de policiar”.

A Autarquia considera o policiamento de proximidade como a opção mais correta para assegurar eficácia no relacionamento das forças da autoridade com as populações e dissuadir comportamentos delituosos.

APOIOS

AMRS
Setúbal é um Mundo
Câmara Municipal de Setúbal. ©
Todos os direitos reservados

website concebido por dodesign